Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




...

por M.J., em 25.11.14

estou sentada há vinte minutos a ver a árvore da frente. entra pela janela, toda, na sombra trazida pela lua da noite. entra em danças de vento ainda que não a tenha convidado a entrar.

não chove. está frio ainda que eu esteja sentada, descalça, no escuro a olhar a árvore que me entra pela janela nesta noite. está nua. cairam as folhas em abandono.

e não sei, nos vinte minutos que a olho, descalça, no escuro, se eu a observo a ela ou ela observa a mim.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:53