Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




da beleza

por M.J., em 12.02.15

há, de facto, frases parvas no cinema que toda a menina romântica assume como verdadeiras.

aquela que mais me faz comichão nos pés é quando um cavalheiro, bonitão, sabido, bruto corpo, olhos brilhantes, bem vestido, dá um beijo na testa da rapariga, deitada no meio dos lençóis, lânguida, preguiçosa e lhe diz, voz sonante de admiração:

- ficas tão bonita a dormir...

 

oh minha santa do sono!

mas alguém fica bonito a dormir, a sério, uma noite inteira?

o quê? as pessoas não têm o cabelo desgrenhado, olhos remelentos, baba no canto da boca e às vezes ressonam? 

uma vez conheci uma rapariga, através de uma amiga, que numa noite de copos, quando trocávamos confidências, me contou entre soluços de bêbada que sempre que dormia com um gajo levantava-se mais cedo e ia à casa de banho maquilhar-se, deitando-se depois e fingindo acordar com ele.

fiquei estupefacta, boquiaberta.

- mas... mas... mas como? não dormes?

ela explicou-me que de todas as vezes que o namorado dormia com ela, acordava hora a hora, o corpo num stress tremendo até que fosse a tal meia hora antes do despertador.

 

não percebia.

mas o amor não pressupõe que a outra pessoa te aceite como és?* perguntei. 

(*não integralmente, mas percebem a ideia no contexto).

cada vez mais bêbada contou-me, quase chorando, que simplesmente não conseguia assumir a ideia de que o namorado a visse assim, nua de maquilhagem nas trombas, com todas as imperfeições, poros e borbulhas que escondia naquela camada de estuque.

 

tocada como eu estava não me lembrei de perguntar como fazia em relação à baba e à remela.

tanto mais que estava demasiado orgulhosa da minha própria loucura que não me obrigava a sentir necessidade de pôr base nas trombas.

 

mais tarde percebi que a miúda estava obcecada por uma ideia irreal de relacionamentos e, possivelmente, muita das coisas idiotas que navegavam naquela cabeça haviam sido lá introduzidas por filmes, séries, novelas e livros da treta.

e assumia como real objectivo da sua vida não só ser boa profissional, como cozinhar comida decente e caseira, ter mão sobre a casa, cuidar de dois putos agarrados às mamas sempre firmes e ainda... ser bonita a dormir!

não só todo o dia, não só a fazer xixi mas ainda a dormir.

 

pelo amor de deus!

F I.png

vem ter comigo ao facebook - aqui,  e instagram - aqui

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:26


2 comentários

Imagem de perfil

De Gaffe a 12.02.2015 às 16:36

Um esforço muito louvável. Idiota, mas mesmo assim louvável.
E há homens que deviam lavar os dentes antes mesmo de acordar ou então dormir com tubo da pasta enfiada na boca.

Acordamos com o nariz enfiado na fossa, valha-nos Deus!
Imagem de perfil

De M.J. a 12.02.2015 às 17:49

AHAHAHAHAHAHAHA

estou a falar a sério pá. a mulher acordava sempre mais cedo para fazer a maquilhagem.
nunca percebi: assumiria ele que ela já nascera com pestanas cheias de rimel e olhos profundos de sombra?

(há homens que mais uma pasta de dentes deviam ser obrigados a dormir com um saquinho, bem fechado hermeticamente).

Comentar post



foto do autor