Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




a sara(budja - que ela assim quer)

por M.J., em 23.10.15

Aniversário

No TEMPO em que festejavam o dia dos meus anos,
Eu era feliz e ninguém estava morto.
Na casa antiga, até eu fazer anos era uma tradição de há séculos,
E a alegria de todos, e a minha, estava certa com uma religião qualquer.
No TEMPO em que festejavam o dia dos meus anos,
Eu tinha a grande saúde de não perceber coisa nenhuma,
De ser inteligente para entre a família,
E de não ter as esperanças que os outros tinham por mim.
Quando vim a ter esperanças, já não sabia ter esperanças.
(Fernando Pessoa)

Álvaro de Campos

12109073_10208363006093646_8344309664257372492_n.j

 

 

 

(clara contradição entre o texto e a imagem. mas ambos adequados. como ela).

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:58


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Sarabudja a 26.10.2015 às 10:08

Embora já o saibas, agradeço de coração a pingar queijo quark, o gesto.
Surpreendente a menina!

Entristece-me muito ter percebido que a bloga não deixou aqui uma palavrinha de apoio à minha pessoa. Enfrentar a chegada dos 37 não foi pêra doce.
Já doce, mas não pêra, és tu. Embora adores gritar aos quatro ventos que és asquerosa.
Talvez seja coisa da M.J, essa menina que anda à porrada pelas causas em que acredita. Imagino que também sinta as coisas boas em doses entusiasmadas.

Vivi numa terra onde se costuma dizer que não se agradece o que é feito com sinceridade e vontade. Acredito que seja porque as pessoas que o fazem, não esperam retorno. Todavia acho que, apesar de não esperarem, merecem o reconhecimento. Por isso não posso deixar de te escrever que quando vi a tua publicação me senti a "maior" do dia!
Agora a parte viscosa: beijinhos e cá uma expressão envergonhada e tonta por me teres acendido o olhar.
Imagem de perfil

De M.J. a 26.10.2015 às 10:53

M.J. sente coisas boas nas mesmas doses de açúcar no ice tea. só que prefere partir uma perna a admiti-lo. porque M.J. personagem não tem lugar para doçuras.
já quem escreve a personagem...


beijinhos :)

Comentar post