Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




amei, amei, amei

por M.J., em 07.09.15

agora que ando numa de decorações isto é ouro sobre azul.

 

estou tããããããããããooooo apaixonada por isto.

 

 (sou tão idiota chapada que me esqueci de colocar o vídeo. santo deus).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:03


16 comentários

Imagem de perfil

De (des)Esperança a 07.09.2015 às 12:54

força nas arrumações!!! o que eu dava para ver a tua casa nova... sou uma cusca...
Imagem de perfil

De M.J. a 08.09.2015 às 12:29

e o que eu dava para que visses...podíamos sentar-nos na varanda e falar a tarde toda.
Imagem de perfil

De marrocoseodestino a 07.09.2015 às 13:35

Estou a ver que tens a vida bem mais facilitada com estes vídeos do que quando mudei de casa .
És uma sortuda
Imagem de perfil

De M.J. a 08.09.2015 às 12:29

ahahahahhaha
sim, ando a colocar papel de embrulho nas paredes como ela.
Imagem de perfil

De Neurótika Webb a 07.09.2015 às 13:45

desde o ar de bimba da fulana à decoração deprimente, não sei se me ria de vomite!
Imagem de perfil

De M.J. a 08.09.2015 às 12:29

eu só me rio.
Imagem de perfil

De (des)Esperança a 07.09.2015 às 13:46

Já vi o video, MJ... até chorei... tadinha da mulher... há tanta miseria no mundo... a mulher é ridicula, mas está feliz com o (pouco) que tem...
Imagem de perfil

De M.J. a 08.09.2015 às 12:30

pois que esteja. escusava era de mostrar a miséria ao mundo.
e aquelas trombas, que aquilo não se mostra a ninguém.
Sem imagem de perfil

De marta a 07.09.2015 às 23:08

Esta tocou-me acreditas? Repara, não e bonita, não me parece que tenha tido acesso a instrução (ia escrever educação, mas emendei) como nos tivemos, não tem certamente a mesma capacidade financeira nem o mesmo conforto... seria tão simples queixar-se do que não tem... mas não, ela prefere forrar as paredes com plástico de embrulho, a imitar o que vê na net e em revistas e não pode comprar. Prefere que a sua casa seja limpa e agradável, pelo menos aos seus olhos. A necessidade aguça-lhe o engenho, o resultado e medonho, sim, mas o processo, o que a move, inspira-me. Hoje lamentei-me o dia inteiro por causa de uma partida que o meu carro me pregou e que eu resolvi numa hora e 120 Euros . Lamentei-me porque o dinheiro me faz falta e porque ultimamente as despesas vem em cachos como as bananas, lamentei-me, mas tinha... como será termos que decorar a casa com plástico de embrulho? Em tempos fiz umas prateleiras na minha primeira casa, aos 22 anos, com tijolos envernizados e placas de vidro... esta mulher fez-me lembrar que eu perdi essa capacidade de improviso e que o lamento...
Imagem de perfil

De M.J. a 08.09.2015 às 12:33

repara que eu não gozo com a pobreza e a miséria da mulher. ou melhor, gozo. gozo porque a mulher acha que vale a pena mostrar ao mundo a sua vida. é ela que a expõe, só porque sim. é ela que decide pegar em toda a fealdade que a rodeia e pôr no youtube para toda a gente ver. é ela que decide abdicar da sua privacidade, do seu mundo fechado e partilhar tudo o que tem e não tem com toda a gente.
para quê? para pessoas como eu, evidentemente, cabras sem coração, se rirem até às lágrimas.
o que me repugna, mesmo, não são as trombas horrorosas da mulher, o papel de embrulho nas paredes ou a casa que parece uma cave. cada um tem o que tem e acredita que as minhas trombas não são bonitas e na aldeia vive-se em piores condições. o que me repugna é ela achar que vale a pena mostrar tudo isso ao mundo todo.
para quê?
Sem imagem de perfil

De marta a 08.09.2015 às 14:39

Penso que a resposta é simples, visualizações. Ela fala nos vídeos como trabalho pelo qual recebe.
É claro que ela se põe a jeito. tal como tantas outras e é claro que sim, a minha primeira reacção ao plástico na parede (para mim é melhor parte, até porque as riscas não ficaram alinhadas e como eu tenho uma desordem qualquer fiquei com vontade de ir ao Brasil acertar aquela merda), mas depois de olhar melhor para toda aquela miséria ela tocou-me, porque ao contrário do que costumo ver neste tipo de vídeos, não achei a casa suja nem desarrumada, nem a achei pedante, como costumo achar a maioria.
O meu comentário não foi uma critica, foi apenas porque ela de alguma forma me fez lembrar de mim mesma, embora eu nunca tenha usado cola nas paredes para colar papel de embrulho e tenha para mim que nunca fui tão feia. :P
Imagem de perfil

De M.J. a 09.09.2015 às 11:40

percebi. mas acho que quem quer este tipo de "trabalho" (acredita que o youtube não dá dinheiro nenhum a quem não tenha muitos subscritores, mas muitos é mesmo muitos) tem de se sujeitar a criticas. isto é a mesma dimensão de quem aceita ir para um reality show. as pessoas vão e são conspurcadas até ao limite. esta gente faz o mesmo mas em produção caseira.
e pelo amor de deus, se o quer fazer ao menos que faça bem e que alinhe as putas das riscas e não mostre aquelas trombas. credo.

(pronto, percebo perfeitamente o que dizes e estou só a ser uma cabra idiota).
Imagem de perfil

De Filipa a 08.09.2015 às 12:15

Não!, quem não gosta é que tem de procurar o que fazer, não são elas que andam para ali a filmar cantos às casas.
Está certo, sempre a aprender.
Imagem de perfil

De M.J. a 08.09.2015 às 12:34

ahahahahahahahahah
e muitas expõem mesmo moradas, números de telefone, tudo e dois pares de gatos. a sério, isto é melhor que os big brothers do mundo.
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 08.09.2015 às 16:39


Um dia destes, vou fazer um vídeo que vai mostrar eu de joelhos com o rabiote virado para a câmara, no chão da cozinha a limpar as juntas, ok?
Depois não te esqueças de divulgar e seguir o meu vídeo, tá certo?
Imagem de perfil

De M.J. a 09.09.2015 às 11:40

espero ansiosamente por esse dia.
anda, faz já isso hoje :P

Comentar post



foto do autor