Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




arco-íris

por M.J., em 12.01.16

quando éramos miúdos e víamos um arco-íris havia todo um ritual que não podia falhar:

* era proibido apontar, pois caso contrário ele desaparecia;

* cantarolávamos sempre, quer quiséssemos quer não, que "a bruxa está no quintal a pentear os cabelos para afastar o mal".

* devíamos tentar correr o mais que pudéssemos à procura do fim, ou do início, que estaria lá uma panela de três pernas cheia de barras de ouro.

acabávamos invariavelmente a correr, é certo, mas da chuvada que vinha a seguir. e nunca encontrámos a panela. 

 

hoje vi um.

grande.

e quando começou a chover não pude deixar de sorrir por saber que, com todo aquele ritual, também eu acabei por encontrar o tesouro no fim, ou no início, do arco-íris: lembranças de um tempo que me faz saber, invariavelmente, quem sou e de onde venho. 

sobretudo com quem fui.

 

tumblr_kxq1y21dj81qatee7o1_500_large.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:48


4 comentários

Imagem de perfil

De JP a 12.01.2016 às 15:38

Só conhecia o terceiro ponto!!!
Imagem de perfil

De M.J. a 12.01.2016 às 15:55

não conhecias a proibição de apontar?
nós tínhamos sempre um espertinho que apontava e que apanhava nas trombas a seguir.
Imagem de perfil

De JP a 12.01.2016 às 16:06

Não conhecia mesmo!!!! Também na minha terra no norte era mais a chuva do que o sol... não via muitos arco iris xD

Comentar post



foto do autor