Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




com a mesma ligeireza com que se queixavam, nos dias seguintes, de que só se mencionava nas redes sociais a vitória na eurovisão, a vinda do papa ou do euro e do raio que parta.

estou fartinho que só se fale nisto, mudem lá o disco, a vida tem que continuar. 

como se já tudo estivesse terminado, nada estivesse a acontecer e fossem só recordações más. 

 

como se fosse uma opção, não é?

como se fosse coisa pouca.

como se fosse ligeirinho esquecer esta merda injusta, este terror filho da puta. como se estivéssemos a falar de um campeonato de futebol.

como se casas a arder, aviões a cair, pessoas a morrer fosse uma coisa para fartar.

temos que seguir a nossa vida e esta desgraça é uma chatice porque nos impede de o fazer convenientemente.

tadinho de mim, mudem de assunto.

já agora: parem lá de morrer, não? que me vai atrapalhar a vida.

 

sabem que mais?

vão para o caralho!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:55


3 comentários

Imagem de perfil

De Gorduchita a 21.06.2017 às 09:18

Acho que as pessoas estão é fartas da forma como são dadas / feitas as notícias!
Imagem de perfil

De Rooibos a 21.06.2017 às 10:48

Tal como escrevi ontem no meu blog, eu estou é cansado de tantos textos, comentários, partilhas e tudo e tudo e tudo...
As notícias é o exagero do costume. O assunto é espremido para conseguir ocupar noticiários inteiros, quando a informação podia ser dada em pouco tempo. Mas lá está, a culpa não é só de quem o faz, é de quem consome os meios de comunicação.
Portanto, se calhar também eu sou dos que devo ir para esse sítio...
Sem imagem de perfil

De Anita a 21.06.2017 às 17:35

Comentar post