Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Banalidades

por M.J., em 25.05.18

Às vezes quando sentimos que estamos em casa, na vida, sendo casa a metáfora de lar que apenas alguns sortudos conseguem ter, constatamos, num empurrão seco e sem som, que afinal estamos no lado oposto do que acharámos estar.

 

Não escrevo porque já não sou eu. Não falo porque as palavras já não são minhas. Perdi irremediavelmente quem fui, no momento em que finalmente era. 

 

A  todos os que passaram por aqui à minha procura; a todos os que mandaram e-mails querendo saber de mim; a todos os que perderam minutos a perguntar onde estou; a todos os que se lembraram... Obrigada. Mas já não há MJ. 

 

Vamos ler-nos por aí, quem sabe, um dia destes.

Um bem haja. E que a vida seja para vós muito mais do que as banalidades que é para mim.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:11


3 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 25.05.2018 às 22:01

Desejo-lhe as maiores felicidades e que a vida lhe sorria

Comentar post



foto do autor