Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




banalidades

por M.J., em 08.04.15

chove. outra vez. cheguei a casa um pouco mais cedo depois de apanhar uma chuvada na rua. fiz chá quente que pus num bule de porcelana descoberto no fundo de um dos armários, nas arrumações da páscoa, pela empregada. sinto-me uma pessoa adulta com o meu chá fumegante num bule bonito.

acabei por fazer pão. há três meses que não como pão que não seja feito por mim. é uma mistela, de farelos e aveia, que vai ao forno quinze minutos e parece o céu. na verdade, tudo parece o céu quando não comemos o inferno.

sentei-me no sofá. pela janela vejo a chuva miudinha, pequenina, que bate nos vasos em frente. a orquídea já murchou mas a árvore tem as arrancas cobertas de um verde novo, ainda pálido.

dói-me a cabeça. e as costas. olho pasma a rua e os carros que passam, parcos, no sossego do bairro.

gostava de saber porque raio insistem tanto em duvidar que eu sou eu, aqui neste espaço. eu enquanto M.J.. não outra pessoa qualquer. só eu, uma pessoa banal, com uma vida banal, que gosta de dizer porcarias e ser do contra para provocar a vida.

não tem piada nenhuma se não houver, de vez em quando, alguém que pragueje a tudo, só porque sim.

 

até amanhã.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:07


6 comentários

Imagem de perfil

De Varufakis a 08.04.2015 às 18:36

Olha... Eu ainda vou sair para ir à bola!
Há vidas do caralho!
Sem imagem de perfil

De Cris a 08.04.2015 às 20:08

Também não percebo porque não acreditam que são duas pessoas diferentes. Isso nota-se na forma de escrever.
Imagem de perfil

De Gaffe a 08.04.2015 às 21:10

Às vezes a verdade uniformiza-nos.
Imagem de perfil

De M.J. a 10.04.2015 às 12:41

sem dúvida!
Imagem de perfil

De Gaffe a 08.04.2015 às 20:13

Duvidaram foi de mim.

Mas não é extraordinário ser uma miragem?! Um inverosímel facto? O rasto de inquietação de alguém que não admite reconhecer o pesadelo de ter no que é real a imagem enevoada daquilo que deseja?!
:)
Sem imagem de perfil

De Lady Kina a 08.04.2015 às 20:37

A propósito de céus que não são o inferno, ouvi neste domingo de Páscoa: "o melhor tempero é a fome". Verdade!

Comentar post