Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




banalidades

por M.J., em 11.01.16

fiz chá de maçã e canela. uma infusão acho, que me perco nos conceitos.

está quente e está sol também. tive uma insónia brutal esta noite. eram cinco da manhã e conseguiria ouvir cantar os pássaros, se os houvesse, na rua. depois acordei tardíssimo pensando na quantidade de trabalho que me espera e arrastei-me pelo pequeno almoço vendo com ar desconsolado o sol pálido da manhã.

tenho a sensação de ir deixando isto um pouco ao abandono. é propositado. nem sempre temos a vontade de carregar nas teclas e formar textos e dizer barbaridades. tem dias que só me apetece recolher das palavras cheiros simples e cores pálidas pelo que as alinho em frases longe daqui. são bem melhores. valem bem mais a pena. 

pergunto-me muitas vezes o que espero deste espaço e nunca encontro respostas. trouxe-me o que achei não conseguir e nunca chegou o que pensei ser possível. evidentemente que o que veio é muito superior ao que não conquistei e alinho, por isso, palavras, num enquadramento dos dias na sensação de que só assim mantenho quem chegou. 

 

já disse que me dói a cabeça e que está sol hoje?

bem sei, nada de relevante. 

mas também nunca me assumi ao contrário. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:23



foto do autor