Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




barcelona em dois dias - parte um.

por M.J., em 12.04.16

o guia pouco recomendável tendo em conta a minha experiência

 

dia um, a chegada.

1. uma pessoa deita-se cedo, apesar de não conseguir dormir, porque o voo é às seis e qualquer coisa da manhã e tem de se deslocar até ao aeroporto. portanto, dorme muito rápido e acorda estremunhada a achar que o mundo está a acabar, acabando por sair de casa sem pensar muito bem no que leva calçado.

primeira recomendação: não vão num voo tão cedo. ou então arranjem, sei lá, maneira de dormir no aeroporto ou lá perto. uma caixa de cartão pode ajudar imenso. 

 

2. uma pessoa vai na ryaner que agora até atribui lugares e quando chega à porta de embarque pensa que o melhor é sentar-se e esperar para descansar os olhos. até que repara que há, pasme-se, uma fila de pessoas em pé, alinhadas, prontas para entrar. uma, meus senhores atentem, uma fi-la! para entrar num avião com lugares marcados. uma pessoa fica um pouco chocada e pensa que se calhar são normas e assim e põe-se, como os outros todos, na fila também, durante dez minutos, passando depois para aquilo que devia ser a manga até ao avião mas é cá fora, ao frio, todos em fila.

segunda recomendação: poupem os pés e fiquem sentados até que a fila desapareça, que não faz sentido nenhum estarem ali esticados, a ver se chove.

 

3. no intermédio: tendes medo de viajar de avião? então tentai ir no lugar da saída de emergência. a mim ajudou-me que, nem labrega, achei logo que a saltar eu era a primeira. além disso, tem mais espaço para por os pés. 

 

4. chegados a barcelona comprem logo no aeroporto uma espécie de bilhete do metro que vos dá viagens ilimitadas para os dois dias. podem querer andar a pé o tempo todo mas não conseguem ver metade do que podem ver. e como não vão ter tempo para visitar as coisas a fundo, o melhor é puderem deslocar-se rapidamente de um lado para o outro. se o quiserem fazer a correr acho bem, que sempre dão um jeito aos glúteos.

mas para aqueles que, como eu, não são grandes adeptos do running, vão pelo metro.

 

5. no metro não vale a pena estarem constantemente a pensar que vão morrer explodidos. a sério. eu pensei e não valeu de nada. mas por outro lado, é sempre bom darem alguma importância ao sítio onde põem as mãos para se segurarem. que aquilo, bem sabem, é uma badalhoquice e vi um casal de chineses a espirrar nas mãos e logo a seguir coloca-las a dois centímetros do sítio onde tinha a minha. comecei a usar um dos mapas como barreira entre a minha mão e os pontos de apoio mas acho que não vale de nada.

posto isto, se não gostam de sujidades e têm paranóias com isto, como eu, levem toalhitas desinfectantes. ou luvas de látex. ou as duas. ajudam muito.

 

6. se puderem tentem ficar instalados num local que vos guarde a mala mesmo antes do chek-in. a não ser, lá está, que queiram trabalhar os ombros.

nós ficamos neste, junto à praça de espanha, e nisso foi fantástico.

 

7. próxima paragem: comer. podem sempre optar por um bom pão com queijo ou um bom pão com presunto. eu comi um com os dois e foi bem bom. só não me lembro em que sítio e como não sou fit não tirei fotografia. uma desgraça. depois fomos até Las Ramblas.

estão a ver esta aqui na foto, à direita, de costas, com o casaco preto e a camisa branca?

1 -.jpg

 não sou eu.

 

8. já que estão por aqui ide ao mercado La Boqueria. claro que convém que não se importem de ser empurrados, calcados e não cair em tentação de comer tudo e um par de botas. eu tive mas resisti. estão a ver a senhora de rabo de cavalo e sweater a olhar atentamente a banca?

IMG_9812.JPG

 não sou eu.

 

9. depois disto, nada melhor do que apanhar um pouco de ar livre e continuar por Las Ramblas até chegar perto do Colombo, sim, o nosso, erguido ao alto com ar imponente. uma pessoa nesta fase está praticamente ao ladinho da praia e quem ainda não almoçou pode começar seriamente a pensar em caminhar pelo porto de barcelona e comer numa das inúmeras esplanadas. ou antes disso, fazer umas das mil viagens de barco que podem comprar no local.

estão a ver este barco? 

IMG_9830.JPG

eu não andei nele. 

 

10. depois do almoço podem dar um passeio pela praia. se estiver bom tempo arriscam-se mesmo a ver muita gente albina a tomar sol.

estão a ver aqueles ali?

IMG_9917.JPG

não somos nós. 

 

11. ao fim da passeata e do almoço, se não viram ainda o bairro gótico, ali ao lado, podem dar lá um pulinho. eu deixei para o segundo dia porque, confesso, não levava o calçado adequado e os meus pés começaram a gritar, ali junto aos dedos. se vos acontecer o mesmo das duas uma: i) trocam para uns ténis decentes ou se se tiverem esquecido deles em casa por se terem levantado muito cedo para apanhar o avião onde ficaram à espera montes de tempo, ao alto na fila,  ii) adquirem material contrafeito aos inúmeros vendedores que estão espalhados pela cidade. 

estão a ver estes pés?

IMG_0094.JPG

são os meus, nos ténis adidas falsos, comprados por dez euros depois de muito regatear porque não conseguia mexer nem mais um dedo em cima das sabrinas de que me muni para ver a cidade.

não tirei fotografia ao vendedor mas procurem um com ar simpático, um lençol branco e dez pares de ténis alinhados, com ar atento à polícia que vem perto. 

 

12. já com os pés bem confortáveis, e se deram uma vista de olhos pela praia, podem sempre pensar em apanhar o metro e ir até outro lado. que tal a sagrada família? diz que é muito bonita e assim. eu não sou grande apreciadora e nós não entramos que isso significaria ficar o resto da tarde. mesmo assim diz que ir a barcelona e não ver a sagrada família é como ir a roma e não ver o papa.

IMG_0101.JPG

 muito bem tirada esta fotografia. lindamente enquadrada e assim. 

 

13. fartos de tanta religião fomos até ao Park Guell. claro que fomos de metro mas saímos na estação errada e achamos que era na boa caminhar imenso até lá. estão a ver estas escadas?

IMG_9955.JPG

são rolantes e esta é a paisagem pouco antes de chegar ao parque.

depois, lá dentro, se quiserem ver cada coisa com atenção e calma é melhor estarem preparados para gastar que o melhor é pago. seja como for, o que era de entrada livre valia bem a pena mais não fosse pela vista panorâmica sobre a cidade.

IMG_9962.JPG

só não gostei das casas de banho. estavam mesmo porcas mas como não sou uma boa bloguer não tirei fotografias.

se vos puder recomendar alguma coisa é que aguentem a bexiga até chegar ao hotel ou assim. ou então também podem ter a sorte de usar aquelas num dia melhor, tipo, quando não houver pinguinhas de urina (para não dizer riachos) espalhados por todo o lado. 

 

14. fartinha de caminhar, mesmo nos meus ténis falsos da adidas, fomos até ao hotel, finalmente fazer o chek-in. como era na praça de espanha (já disse, não já?) acabamos por andar por ali a deambular e subimos a um centro comercial para ver esta vista:

IMG_9984.JPG

IMG_0018.JPG

 

15. depois, como já eram praticamente oito da noite fomos até ao museu da arte nacional da catalunha, ali ao lado, aproveitando para fazer tempo e ver o espectáculo das fontes mágicas. confesso que a esta altura do campeonato já tinha visto tantas coisas que só queria ver um bom colchão. mas ingeri meio litro de café e lá fui.

IMG_0036.JPG

quando descemos do museu as escadas já estavam cheias de gente. estão a ver estas pessoas?

IMG_0035.JPG

não sou nenhuma delas mas sentei-me ali mesmo ao meio. ao meu lado estavam duas inglesas que falavam muito rápido acerca de blind dates e achei muito instrutivo. o rapaz queria porque queria que fossemos dar mais uma volta mas doíam-me muito os pés e ficamos por ali mesmo sentados. no entanto, se não vos doer os pés recomendo que se façam à vida porque estar ali tanto tempo é uma seca. podem não ter a sorte de encontrar duas inglesas a falar alto ao vosso lado. 

quando a coisa começou achei bem giro. estão a ver esta foto?

IMG_0056.JPG

é uma das únicas que tenho.

não quis estragar o efeito dos telemóveis a contrastar com a noite usando o meu flash. na verdade, distrai-me bastante por causa do clarão da água e vou reclamar com a organização porque a meio muitos dos operadores de telemóveis desistiram e só ficou a água e a luz e aquilo sem os flashs constantes não é a mesma coisa. um espectáculo de telemóveis na noite erguidos e põem logo ao mesmo tempo uma fonte com luz? não se percebe.

 

enfim, depois disto fomos dormir. acho que podem fazer o mesmo a não ser que queiram desfrutar da noite de barcelona com álcool. eu como estou velha para essas coisas, optei por aterrar no colchão.

 

amanhã, se me lembrar, conto o resto. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:00


8 comentários

Imagem de perfil

De Just_Smile a 12.04.2016 às 14:25

'poupem os pés e fiquem sentados até que a fila desapareça' oh mulher isto é um conselho obrigatório! :P
O espetáculo de luzes não tive oportunidade de ver quando fui a Barcelona, mas é das coisas que quero ver quando lá for :)
Imagem de perfil

De M.J. a 18.04.2016 às 12:01

espero que no dia em que fores não baixem logo os telemoveis.
Sem imagem de perfil

De Susana a 12.04.2016 às 18:25

Boas dicas :P
parece giro, gostava de lá ir um dia...
Imagem de perfil

De M.J. a 18.04.2016 às 12:01

vale a pena.
e mais!
não é caro por ai além!
Sem imagem de perfil

De Cristina a 12.04.2016 às 19:43

g'andas ténes!!! ;-)
Imagem de perfil

De M.J. a 18.04.2016 às 12:02

SÃO NÃO SÃO?

tenho bué orgulho neles!
Imagem de perfil

De Maria das Palavras a 12.04.2016 às 20:02

Adorei :D

Mas posso explicar as filas para entrar no avião: se fores dos últimos com mala de mão pode calhar que já não há espaço para ela e ta obrigam a pôr no porão à última hora de repente. Depois é uma chatice porque no fim tens de esperar pela mala no tapete. Ou pior, fazes como a outra que tinha lá tudo de valor certa vez (computador, tablet, dois telemóveis - ia a trabalho) e pouco preparada para ter de tirar os valores da mala porque contava levar a mala sempre consigo.
Pegou no tablet e deixou o resto ir para o porão.

Os telemóveis perderam-se.

Foi há um bom tempo, mas aprendi bem :D
Imagem de perfil

De M.J. a 18.04.2016 às 12:02

cum mil demónios, as coisas que eu aprendo contigo.

Comentar post



foto do autor