Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




boa noite

por M.J., em 10.08.15

"a indiferença é a maneira mais polida de desprezar alguém." mario quintana

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:08


15 comentários

Sem imagem de perfil

De Cris a 10.08.2015 às 21:24

E é, porra! E eu não gosto nada!
Imagem de perfil

De M.J. a 11.08.2015 às 14:42

sou perita na arte do desprezo e orgulho. desprezo sem alma e uso do orgulho para fingir que não me dói quando me desprezam.
Sem imagem de perfil

De Sarabudja a 11.08.2015 às 11:20

Mário Quintana sabia tanto sobre as coisas simples da vida.
Sarabudja não sabe tanto, nem tanto, nem muito, só quase nada ou mesmo menos do que isso. Mas acha que ignorar e lembrar que se ignora é um lembrar. Disse Mário Quintana também "Eu, agora - que desfecho!/ Já nem penso mais em ti... /Mas será que nunca deixo de lembrar que te esqueci?"

Imagem de perfil

De M.J. a 11.08.2015 às 14:43

sarabudja tem razão mas MJ entende muito de desprezo.
Sem imagem de perfil

De Sarabudja a 11.08.2015 às 14:46

Já eu quase choro cabelos pela raíz se me sinto desprezada, ignorada ou esquecida. Credo! Por isso acho que tenho tanto cuidado com tantos.
Imagem de perfil

De M.J. a 11.08.2015 às 15:04

ah, eu também choro. e desespero. e dói e mil merdas. mas nunca mostro.
o orgulho é coisa bonita e podem calcar.me mas não veem as pegadas.
Sem imagem de perfil

De Sarabudja a 11.08.2015 às 15:13

Sabes que tenho tido a sorte de não ter encontrado muitos maus alguéns na minha vida. Há um ou outro com quem convivo e me chateiam, mas sei que também consigo irritar.
Ignorada e coisas más senti-me poucas vezes e algumas delas eram não mais do que um sofrimento interno que teimava em turvar o que via.
Imagem de perfil

De M.J. a 11.08.2015 às 16:01

o mau alguém da minha vida sou eu própria.
Sem imagem de perfil

De Sarabudja a 11.08.2015 às 16:05

Diagnóstico: muitas vezes a tua dor interna turva o que vês.

Tal e qualito.
Imagem de perfil

De M.J. a 11.08.2015 às 16:15

eu sei. já o tinha concluído. mas sabermos que temos uma perna partida não faz com que possamos saltar, na mesma.
Sem imagem de perfil

De Sarabudja a 11.08.2015 às 16:19

Se a perna está partida e tu sabes, vais ao melhor especialista. Negas todos até encontrares o melhor. Curas a perna.
Depois é só aprender a andar e a saltar. Pode não ser da mesma forma, mas será como tiver de ser.
Imagem de perfil

De M.J. a 11.08.2015 às 16:20

isso estou fazendo eu!
Sem imagem de perfil

De Sarabudja a 11.08.2015 às 16:27

Um dia destes fazes uma prova qualquer. Mesmo que nos paraolimpicos. O mais importante é competir.
Imagem de perfil

De M.J. a 11.08.2015 às 16:32

às vezes ganhar também conta.
Sem imagem de perfil

De Sarabudja a 11.08.2015 às 16:34

Conta tanto que o mais importante é competir. Se nunca competires, nunca ganhas. Treinar, treinar.

Comentar post



foto do autor