Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




da capa

por M.J., em 26.04.15

acabei a chorar, baba e ranho, dando cabo da maquilhagem, com um rasto de base no nariz e de rímel pela cara abaixo. não foi propriamente uma opção. doíam-me os pés, o corpo de um dia todo empertigada e direita, os braços que a renda do vestido era desconfortável e não tinha mais conversa de circunstância ou de ocasião. além disso dei comigo a elogiar uma criança de dois anos que ficou na mesma mesa e a olhá-lo como uma coisinha engraçada que ficaria bem na minha sala ou em almoços de domingo. sinceramente.

acabei a chorar. aguentei estoicamente a tudo. à missa onde se leu que a mulher era uma costela do homem e que se devia submeter ao mesmo. aos quilos de arroz que atiraram à noiva, estragando-lhe o penteado. ao rapaz que ia distraído a conduzir e que não bateu no carro da frente por uma questão de segundos em que os meus gritos inundaram o veículo. às mil pessoas que conhecia e não conhecia, com um sorriso atarrachado na boca. gostei mesmo da comida (enfardei calorias num dia equivalentes a uma semana normal de alimentação) apesar do vestido me apertar no estômago e me impedir de comer demais. aguentei as fotografias, as músicas pimbas, a birra do rapaz, que detesta feiras de vaidades e ainda o consegui integrar em amigos de infância.

sobrevivi a um dia inteiro mas na hora em que se partiu o bolo, com luzes brilhantes e gente comovida e beijos de filme e amigos e não sei, talvez fosse do vinho a fazer efeito, mas vi a amiga com quem calcava folhas no outono e com quem aprendi a escrever, de forma desajeitada em cadernos de duas linhas e tudo me pareceu muito certo, muito seguro, muito adulto, numa certeza que podemos conquistar o mundo e construir o que somos em etapas crescentes e desatei a chorar, que nem louca, agarrada à noiva, que chorava também.

descobri, creio, que sou feita de lugares comuns e pirosices, escondida numa capa suja, cheia de buracos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:02


8 comentários

Sem imagem de perfil

De Cris a 26.04.2015 às 19:27

Notícia de última hora: Vinho servido num casamento continha um fungo que afecta o cérebro, tornando as pessoas lamechas!!! A Polícia Judiciária está a investigar o caso, mas tem tido dificuldades em obter testemunhos, visto que as pessoas só querem chorar baba e ranho!!!
Imagem de perfil

De M.J. a 27.04.2015 às 12:58

foi do vinho foi, tenho a certeza que foi.
Imagem de perfil

De pam a 26.04.2015 às 20:31

O álcool tende a desenterrar a sinceridade, dizem.
Imagem de perfil

De M.J. a 27.04.2015 às 12:58

hum... será?
Imagem de perfil

De Palomina a 27.04.2015 às 08:28

Concordo com o comentário da Patrícia.
Imagem de perfil

De M.J. a 27.04.2015 às 12:59

como não podia deixar de ser.
Imagem de perfil

De (des)Esperança a 28.04.2015 às 16:41

mas estavas tão linda que tudo valeu a pena!!!
Imagem de perfil

De M.J. a 28.04.2015 às 18:40

uma pessoa arranja-se um bocadinho e até parece a cinderela! :)

Comentar post



foto do autor