Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




da maria helena

por M.J., em 05.06.15

post escrito no amor que vos tenho, para dar a conhecer as coisas boas da vida. (ainda que, sei disso, os danos no meu cérebro tenham aumentado).

 

a maria helena entra maravilhosa e linda cenário dentro.

começa por convidar as pessoas a serem felizes com ela e promete dizer só a verdade, por mais que doa. logo depois apresenta o número de telefone para onde eu devo ligar para ser consultada. não só eu que a vejo em portugal mas também todas as pessoas em frança, suiça e luxemburgo.

a isso não se chama rentabilizar as chamadas de valor acrescentado mas sim igualdade de tratamento dos portugueses espalhados pelo mundo.

depois de avançar umas mil e quinhentas vezes o número para onde devo ligar a taróloga explica-me que quer que eu seja feliz e que rezará comigo para espalhar as tristezas. e mais! se eu ligar e falar com ela receberei duas lembranças deste grandioso dia: um olho turco "grandão" contra o mau olhado para pôr à entrada de minha casa (por acaso ia combinar com o tapete) e a mão de fátima que representa o olhar de deus sobre mim.

quero. quero muito, penso enquanto ela continua, sem interrupções: quer ser feliz? ligue já! dá-se mal com o marido e com os filhos? os netos não a visitam? o seu filho não consegue arranjar emprego? as coisas estão difíceis? aquele amor da sua vida foi-se embora? então ligue!

a maria helena não é bruxa. a maria helena é a psicóloga, a terapeuta, o governo e o padre de serviço à distância de um telefonema. é o cumulo do multitasking por sessenta cêntimos mais iva.

 

a primeira pessoa a ser consultada é uma senhora de cinquenta e nove anos que se chama maria. de voz firme e segura explica que ainda não fez o luto do marido, falecido há dois anos porque há pessoas que lhe dizem que ele a traiu e ela própria encontrou um extracto de um hotel nas coisas dele.

nestes casos falecer não é sinónimo de paz.

depois de a interromper para explicar-me que devo ligar novamente visto que a minha chamadinha anterior foi apagada a taróloga diz logo, com ar sério, para a senhora recordar do marido apenas as coisas boas. além disso, avança, essas pessoas não são boas porque falam de quem já morreu (depois de morto as traições não contam e os cornos desaparecem). ela que esqueça o hotel e tudo o mais porque o que interessa é o quanto ele gostava dela.

mas havia alguém na vida dele? pergunta a senhora. havia! responde a outra, havia a minha querida!

a maria helena não é só tudo aquilo que já enumerei. é também esperta!

a senhora respira de alivio, diz que já vê o programa há mais de dois anos (não admira o porquê de ainda não ter conseguido fazer o luto) e pergunta se não lhe pode avançar nada quanto ao seu futuro, ao que a taróloga responde, com voz doce, que esteja descansada pois que segunda feira receberá uma chamadinha dela, para falarem dessas coisas.

isto não é angariação de clientes, meus senhores. é fazer novas amizades.

 

no meio de cada consulta a maria helena faz três coisas: fala sobre os signos, avança o número que tenho de ligar para ter o prazer de falar com ela e arranja motivos para eu querer ser consultada: "está indecisa? não sabe se há-de andar para a trás ou para os lados? olhe, ande para a frente! ligue para a maria helena! vá! um, dois, três! vamos fazer a ginástica do dia e ligar?"

acho que o fernando mendes tem mais jeito para estas coisas.

 

a segunda pessoa que lhe liga também se chama maria e quer saber sobre o filho, visto que o moço não quer arranjar trabalho. a taróloga, depois de a interromper para me convencer novamente a ligar (a minha chamadinha anterior foi apagada do sistema) diz-lhe para não se preocupar. que o rapaz, de facto, é calão mas que vê a carta da morte o que significa uma grande mudança. uma grande mudança irá ocorrer na vida dele, guiado pela sua estrelinha da sorte. é preciso tempo, é certo, mas o grande calão vai arranjar trabalho até porque ela não lhe vê drogas nem nada disso.

a maria helena percebe do iefp.

 

depois da segunda consulta voltam a entrar os signos e os argumentos para que eu ligue, eu que não tenho alegria de viver devo telefonar-lhe.

ora foda-se! não é preciso virar cartas para descobrir que qualquer pessoa perde a vontade de viver a ouvir esta merda.

juro que nesta fase quase me apetece chorar.

 

enfim, a terceira pessoa a ser consultada chama-se helena, fala muito depressa e vai logo dizendo as suas dores, sem sequer dar oportunidade à doutora de a interromper. que gosta muito do programa mas deviam baixar os preços das chamadas; que quer ligar todos os dias mas que não pode; que tem uma cruz que nem lhe conta; que o marido lhe faz a vida negra; que está doente no hospital, sem plaquetas e não anda; que o filho teve um acidente e que...

a maria helena interrompe-a. não só para me dizer novamente para eu ligar mas para avançar à senhora que o serviço de uma chamada só dá direito a um dilema. mesmo assim, lá avança que a senhora está num momento muito difícil (porra, grande vidente! a mulher não caminha, tem uma marido que a chateia, um filho acidentado e devia estar bem, queres ver?) mas que com força tudo se supera! (isto já diz a sentinela, sei do que falo, que a li esta semana). que vê uma carta de mudança e que ela vai sofrer, sim, vai sofrer, mas que devagarinho tudo vai ao sitio.

e quando a senhora pergunta mais qualquer coisa cala-a logo dizendo que não se aflija, que segunda feira recebe uma chamadinha para falarem sobre isto!

a maria helena é também médica e a santa casa da misericórdia!

 

pronto.

o programa continuou mas não consegui. nem o meu amor por vós me fez continuar a sofrer tanto.

no entanto, juro que numa próxima analiso a máquina da verdade.

 

bom fim de semana.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:59


19 comentários

Imagem de perfil

De Magda L Pais a 05.06.2015 às 20:06

ahahahahahahhahaha hilariante! mas há quem acredite, há quem acredite. e a senhora até tem casa aqui no sapo...
Imagem de perfil

De M.J. a 07.06.2015 às 21:58

tem?
cum camandro!
Sem imagem de perfil

De Cris a 05.06.2015 às 23:50

Olha, eu conheço a sentinela! Não é prima da despertai? (foi só isto que me chamou a atenção do teu texto)
Imagem de perfil

De M.J. a 07.06.2015 às 21:59

é sim!
:)
Imagem de perfil

De bloga-mos a 06.06.2015 às 06:35

Aguardo expectante pelo segundo volume que certamente terá grande destaque na feira de francoforte...
Imagem de perfil

De M.J. a 07.06.2015 às 21:59

segundo volume?

cada dia percebo menos do que dizes!
Imagem de perfil

De O Homem Certo a 06.06.2015 às 11:41

Estou a ver que a Taróloga tem em ti uma fã
Imagem de perfil

De M.J. a 07.06.2015 às 22:00

sem dúvida.
Imagem de perfil

De Neurótika Webb a 06.06.2015 às 14:05

Nunca vi, mas seguramente agora vou ver, com a minha nova dieta alcoólica, estou em crer que consigo ver um episódio inteiro!
Mas este fim de semana não...tenho um livro para acabar de ler.
Imagem de perfil

De M.J. a 07.06.2015 às 22:00

e então?
acabaste?
Imagem de perfil

De Neurótika Webb a 07.06.2015 às 22:07

Ainda não. Estive no hospital. Mas li mais 20 páginas só à espera dos resultados das análises...
Imagem de perfil

De M.J. a 08.06.2015 às 12:56

completamente recuperada?
Imagem de perfil

De Neurótika Webb a 08.06.2015 às 13:39

sim....já é habitual. se ficar em casa é que fico doente...dos nervos.
Imagem de perfil

De M.J. a 08.06.2015 às 13:43

menos mal:)
alguma coisa...
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 06.06.2015 às 14:05


Tu devias ligar para lá. Engendra uma história e dá-lhe música.
Mas quando o fizeres, avisa porque ligo a TV para ver e ouvir, certo?

Imagem de perfil

De M.J. a 07.06.2015 às 22:01

:)
não teria tanta lata.
Imagem de perfil

De soumaiseu a 08.06.2015 às 19:51

É só patranhada... Não percebo como é que as pessoas vão nisso...
Imagem de perfil

De M.J. a 09.06.2015 às 23:58

desespero, ignorância, falta de saber mais e melhor.
a mim as pessoas irem naquelas tretas não me incomoda. incomoda-me é as tretas existirem como sérias e credíveis e a erc não fazer nada.

Comentar post



foto do autor