Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




das falhas

por M.J., em 14.03.15

sou uma pessoa repleta de falhas.

a pessoa com mais falhas que conheço. uma tipa absolutamente banal que se farta de errar. mais do que qualquer outra pessoa.

entro, não raras vezes, em contradições.

dou conta delas mal penso sobre o assunto. odeio contradizer-me. acontece frequentemente. fico numa zanga comigo mesma quando acontece. às vezes nem me perdoo.

tenho muitas vezes o dedo estendido em direcção aos outros.

chateia-me porque, ao mesmo tempo, aponto uns quantos a mim própria. bato o pé nessa altura, em grandes sermões que me dou antes de dormir, entro em sérias discussões. vou mudando, mas não muito.

afasto-me de pessoas com a mesma facilidade e intensidade com que me aproximo.

entrego-me de alma e coração, faço tudo e um par de botas e atiro-lhes o par de botas, logo a seguir, quando fazem algo que me chateia. não que me chateia. sim que me magoa. às vezes engano-me nas frases que quero dizer.

sou melindrosa.

magoam-me atitudes que na maioria das pessoas passam ao lado e nem reparo em coisas que a maioria das pessoas leva a peito.

exijo dos outros, não de todos, só dos que gosto, o mesmo que exijo a mim.

ninguém está à altura dessa função. o nível de exigência é terrível. tem dias que desce, mas continua ali.

sou manipuladora.

já fui mais. quanto maior é o leque de pessoas com que convivo mais manipuladora sou. consigo sê-lo. grande parte das vezes por bondade dos outros que fingem que não reparam. às vezes não reparam mesmo. outras vezes finjem que não.

 

sou cheia de falhas.

admito. e admito-o, confesso, como arma de arremesso. de que vale a alguém acusar-me as falhas, numa vermelhidão de raiva, com perdigotos e pé a bater no chão, se antes de as apontar eu já as assumi? como se magoa uma pessoa chamando-a idiota, se antes de lhe terem chamado, já ela disse que era?

 

(de que valem certos comentários neste tasco ridículo se a gerência do tasco é a primeira a dizer que é insalubre, sujo e impróprio para consumo?)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:06


6 comentários

Imagem de perfil

De VeraPinto a 14.03.2015 às 22:25

tu conheces-me bem. Muito bem. E sabes que isto se fosse escrito por mim, não mudaria nem uma vírgula.
Credo, acho que já escrevi em tempos coisa igual.
Mas nunca o disse tão bem.

"sou cheia de falhas. admito. e admito-o, confesso, como arma de arremesso. de que vale a alguém acusar-me as falhas, numa vermelhidão de raiva, com perdigotos e pé a bater no chão, se antes de as apontar eu já as assumi? como se magoa uma pessoa chamando-a idiota, se antes de lhe terem chamado, já ela disse que era?"
Imagem de perfil

De M.J. a 14.03.2015 às 22:29

não sei se é uma técnica usada por pessoas inteligentes ou por pessoas manipuladoras, menos boas. um pouco das duas, creio. e o mais triste é que não faço questão de mudar isso nem um bocadinho.
Imagem de perfil

De A Miúda a 15.03.2015 às 00:21

Adoro ler o que escreves.
És totalmente honesta, não tens medo de falar dos teus defeitos. Um erro que também cometes é de não falar nas tuas qualidades.
Imagem de perfil

De M.J. a 15.03.2015 às 17:26

prefiro demonstrar as capacidades, ainda que escrevendo indiretamente sobre elas. não posso não falar nos meus defeitos. assumo-os. tenho bem mais. mascará-los não serve de nada. dizermos que somos algo que não somos também não. nunca gostei de teatros amadores. :)
Imagem de perfil

De Gaffe a 17.03.2015 às 11:24

Para mim, és uma das raríssimas pessoas de quem não consigo deixar de gostar e tu sabes como sou exigente.
Imagem de perfil

De M.J. a 17.03.2015 às 16:39

sei sim. e fico pasma, sem compreender. não sei se é uma falha minha ou tua :)

(também gosto muito de ti. mas não sei dizê-lo com a tua classe).

um dia havemos de partilhar uma chávena de chá num dia ventoso.

Comentar post



foto do autor