Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




numa relação marido/mulher, namorado/namorada, marido/marido, mulher/mulher, enfim, perceberam a coisa, o que é mais importante: a amizade ou a paixão?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:34


13 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 06.12.2017 às 11:46

Dizia a minha Avó que 'o amor é uma fartura, só enquanto a boda dura' e a paixão durava ainda menos... Dava para nos rirmos, mas mais tarde, percebi onde ela queria chegar.
Realmente, a paixão, quanto a mim, depressa acaba. O amor dura mais uns tempos (aquele amor arrebatador, que muitas vezes nos cega). Para uma relação durar, se não houver amizade (e respeito, muito respeito), nada feito.
Tenho 40 anos de papel passado, mais quatro de «treino», e já passei as fases de paixão, deslumbramento - e houve raiva, quase ódio, algumas vezes - mas depois de acalmar, não me via com outra pessoa, outra vida.
Quando a amizade que nos une acabar, acabou tudo (nas nossas idades, creio só acabará quando um de nós acabar, mas... )
Imagem de perfil

De M.J. a 06.12.2017 às 12:26

Adorei este comentário. Reflete tudo o que penso.

Obrigada.
Imagem de perfil

De Just_Smile a 06.12.2017 às 12:11

Ambos, ambos na medida certa :)
Imagem de perfil

De M.J. a 06.12.2017 às 12:27

Isso é o ideal. Mas sabemos, com o tempo, que um e outro vão decaindo, um sobrepondo-se ao outro, ou morrendo um e outro. O que é importante saber é qual dos dois é essencial. Qual pesa mais... (é difícil eu sei, mas eu vivo para fazer perguntas difíceis).
Imagem de perfil

De Olívia a 06.12.2017 às 12:22

Tu fazes cada pergunta!!!!
Imagem de perfil

De M.J. a 06.12.2017 às 12:28

eu penso em cada pergunta ;)
Imagem de perfil

De Rooibos a 06.12.2017 às 13:36

Assim de repente diria que o ideal é haver ambos. Digo eu que sou novato nestas coisas.
Mas a resposta dependerá do que te referes. Uma vida em comum a dois? Ou um namoro em que no fim do dia vai cada um para a sua casa?
No primeiro caso, acredito que a amizade é muito importante para manter a união e para ajudar a resistir à rotina do dia-a-dia.
No segundo caso, acredito que possa haver paixão sem amizade.
Imagem de perfil

De amarquesademarvila a 06.12.2017 às 15:14

Também já me questionei muito sobre este tema...
Já levo 16 anos de casamento e em breve faz 21 que começámos a namorar... Acho que já tenho alguns dados para opinar... Apesar de ainda me questionar muito.
É tudo importante. Acho que cada um (paixão, amor, amizade...) pode acontecer em momentos diferentes e todos são importantes. Acho que pode existir paixão sem amizade, sim. Se acontecer numa fase inicial quando a amizade não é muito importante. Já o amor sem amizade não faz sentido, assim como a amizade sem o amor (acho que se transformara apenas e só em amizade e esta só por si não mantém, ou não devia, manter um relacionamento). A paixão deve ir acontecendo... Vai e volta, mas sempre com amor e amizade.
Acho que esta resposta foi um pouco confusa, mostra o quanto me questiono sobre o tema... Quando eu tiver uns 90 anos e levar uns 60 anos de casamento, voltamos a falar, ok?
Um abraço
Imagem de perfil

De Margarida a 06.12.2017 às 15:59

Sinto-me uma novata quando leio alguns dos comentários mas diria que a paixão acaba depressa. Se entendes por amizade companheirismo, lealdade, confiança, projetos e sonhos em comum, partilha de bons momentos e apoio nos ruins então é isso que acho que é importante.
No entanto lembro-me de a minha avó me dar um conselho: "mesmo quando estás cansada e tens a casa toda para arrumar (é a minha avó, fazer o que?!) acompanha-o ao café, tira uns minutos para conversar e dedica algum tempo à relação" e isto ficou-me na cabeça. Tal como uma velha amizade tem de ser alimentada uma relação tem de ser ainda mais alimentada.
Imagem de perfil

De Tatiana a 06.12.2017 às 19:50

Sinceramente acho que o mais importante é a amizade... Óbvio que no início de uma relação há toda aquela paixão e fogo... Mas e quando isso passa e se olha para a pessoa? Se não existir uma amizade forte os laços quebram-se, deixamos de nos identificar, e acabamos a seguir um caminho diferente do da outra pessoa... Pelo menos é isto que eu acho, mas sou muito nova para falar do que é o mais importante numa relação amorosa...
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 06.12.2017 às 23:09

Podia tecer - te um comentário todo cheio de pipis e renhonhós.
Em vez disso deixo - te algo bem melhor :
http://pequenocasoserio.blogs.sapo.pt/casamento-20970

Imagem de perfil

De VeraPinto a 07.12.2017 às 14:14

Só tenho dez anos disto, não é grande coisa. Mas para mim é a amizade. Nestes 10 anos já passei por muita coisa. Amor, paixão, luxúria, saudade, raiva, e em alturas de quase quase ódio.
Se em todos esses momentos mais negros não houvesse uma amizade na base de tudo isto, acho que não existia relação.
A paixão é muito bonita, faz bem à pele, faz bem ao ego, mas ninguém consegue estar apaixonado sempre, e durante anos a fio. Há alturas em que esmorece, outras que reacende. A amizade é contínua, é o elo entre as duas pessoas que faz com que confiem uma na outra, que se respeitem, que se tolerem, que vivam em conjunto.
Por isso, a amizade é sem dúvida o mais importante para mim. (Isto sou eu, aceito quem achar perfeitamente o contrário, caso me dê argumentos válidos)
Imagem de perfil

De Corvo a 07.12.2017 às 14:14

Em meu entendimento é tão importante uma coisa como a outra.
Não estou a ver paixão onde a amizade não more.
O que ainda entendo melhor é que quando a paixão se vai porta fora, às vezes mais cedo outras mais tarde, também a amizade a acompanha saltando pela janela.
Se possível apelar um pouco à tolerância e compreensão e guardar as duas.

Comentar post



foto do autor