Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




do meco

por M.J., em 04.03.15

creio que para além de umas piadolas parvas nunca me pronunciei sobre o caso do meco. não conheço o processo. ao contrário de colegas meus não gosto de dar a minha opinião em casos da minha área sem conhecer as coisas.

ainda assim tudo isto me parece puramente emocional. todo o caso. creio tratar-se única e só de uma tentativa desesperada dos pais de encontrarem um culpado para a estupidez pura dos seus filhos. no sentido de os perdoarem e puderem fazer o luto.

é muito mais fácil para um pai aceitar que o filho foi enganado, coagido, persuadido, ou qualquer outra coisa do que aceitar que estava tão bêbado, era tão burro, aceitava tanto rituais ridículos ao ponto de ir para uma praia numa noite de temporal daqueles.

felizmente que a justiça - em alguns casos - não procura mitigar dores. apenas ser justa.

 

(sinceramente: alguém acredita que uma pessoa consiga persuadir seis outras pessoas, alegadamente com formação, inteligência para frequentar o ensino superior, a entrarem dentro de água, amarrados, numa noite de temporal? ou que os tenha amarrado à força?)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:38


9 comentários

Sem imagem de perfil

De Panda a 04.03.2015 às 21:48

A minha opinião precisamente. E sou leiga.
Imagem de perfil

De M.J. a 04.03.2015 às 22:30

E o mais triste? Uma mãe a comparar isto com violência doméstica. Que tristeza pá.
Sem imagem de perfil

De agridoce a 04.03.2015 às 23:43

Nem mais.

Os acidentes só acontecem aos outros?
Imagem de perfil

De M.J. a 05.03.2015 às 18:00

eu entendo a dor dos pais. como referi. mas não me parece justo a destruição da vida do rapaz apenas para justificarem a tolice dos filhos.
Imagem de perfil

De ana a 05.03.2015 às 00:37

Concordo contigo.
Os pais apenas querem uma justificação para tudo o que aconteceu, o que é natural, afinal é sempre difícil aceitar que os filhos possam ter feito algo tão parvo e irresponsável e que, infelizmente, lhes custou a vida.
Imagino a dor que sentem mas, neste caso, não é a justiça que os pode ajudar!
Imagem de perfil

De M.J. a 05.03.2015 às 18:01

exactamente. são profissionais de saúde que os podem aliviar. não juízes ou advogados.
Imagem de perfil

De PedaçosdeSonho a 05.03.2015 às 14:47

Não podia estar mais de acordo. É a opinião que sempre defendi.
Ninguém os obrigou a nada. Infelizmente, a "brincadeira" correu-lhes muito mal
Imagem de perfil

De M.J. a 05.03.2015 às 18:02

foi uma grande estupidez e sofreram as consequências dela. as piores... mas consequências.
Sem imagem de perfil

De diana a 05.03.2015 às 22:07

pois...

Comentar post



foto do autor