Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




do suicídio

por M.J., em 28.04.14

há muito estigma acerca do suicídio. muita curiosidade doentia. muito apontar de dedo. muito julgar na ponta da língua. palavras atiradas do alto de uma sapiência da vida de cada um. muito "cobarde", "fraco", "não tenho pena nenhuma". ou "coitado", "coitadinha". e ainda "parvo. era passageiro o problema, a decisão é definitiva".

há muitas postas de pescada a dar sobre o assunto. muitas opiniões.

pois pó caralho com elas. pó caralho com gente que avalia a dor dos outros. pó caralho com gente que julga a dor dos outros. pó caralho com gente que se arma na dor dos outros sem nunca a ter sentido.

filho, filha, tu, caralho sejas tu quem fores que abanas a cabeça com descrença e te achas no direito de apontar o dedo a quem decide tirar a sua própria vida. que te achas mais forte porque fodasse, ultrapassaste aquele problema que te andava a dar cabo dos calos e nem por isso te mataste. que te achas superior porque não sucumbiste à dor.

és um herói, tu, filho, filha, pó caralho tu que julgas a dor que não sentiste e que te levou ao fim. um herói tão magnifico por não a teres sentido. mas não te esqueças:

antes de julgar a dor dos outros, reza muito, pede muito, pensa muito em não teres nunca tamanha dor que te faça sucumbir à morte, como um alivio desta puta desta vida.

 

ele decidiu. a decisão é dele. não mandes postas de pescada no que não sabes.

 

Morreu o actor Pedro Cunha

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:48


5 comentários

Imagem de perfil

De Maria Rita a 28.04.2014 às 16:09

partilho da tua opinião...muito sofrimento e desespero e coragem também.
Imagem de perfil

De M.J. a 28.04.2014 às 16:24

pois eu bem que adivinhava que concordas comigo.
o que só demonstra o porquê que te aprecio.
Sem imagem de perfil

De RC a 30.04.2014 às 02:04

Olha para mim: Estou a aplaudir de pé ' o que acabaste de escrever.

Nao, felizmente nunca senti tal dor, mas tenho a certeza que não e' a decisão fácil , a saída cobarde, a escolha não pensada e ponderada, ou melhor se calhar não 'e pensada nem ponderada mas apenas por que a dor deve ser tão grande tão insuportável que não permite pensar.

De todas as formas de morte o suicídio jovem e' das que mais me dói , por pensar em todos os que o conhecem e a frustração que e' não ter podido fazer nada para evitar aquele final. Sim, por que quem morreu já ' encontrou a sua paz, aquela que foi incapaz de encontrar de outra forma.

Espero nunca, mas nunca mesmo saber o tamanho da dor por de trás de uma tentativa de suicídio :(
Imagem de perfil

De M.J. a 30.04.2014 às 12:28

pouca gente sabe. melhor, ninguém sabe a dimensão da dor de quem se suicida. não pode saber. não é quantificável a dor dos outros.

Comentar post