Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




dos dez cêntimos

por M.J., em 18.02.15

não gosto dessa coisa de pagarmos dez cêntimos por um saco de plástico.

 

tenho para mim que se tivesse uns trocos para gastar na primeira porcaria que quisesse comprava uns mil e espalhava-os ao vento, só para ser do contra.

e não me chateiem com merdas.

fico doida quando a hipocrisia se (a)levanta e meio mundo anda para aí a dizer que concorda muito bem, cada saquinho devia custar não dez mas um ou cinquenta euros que é para o pessoal usar coisas alternativas. já agora matar uma ovelha e usar a pele esfolada inteira como saco.

oh.meus.amigos!

 

mas alguém que lança essas postas de pescada pela boca fora, apregoando ser verde é verde na sua totalidade? "ah sim porque eu sou do sporting"!

vai para o caralho!

 

é tudo muito lindo mas a maior parte das pessoas que gostam de usar aqueles sacos horrorosos reciclados, com imagens gigantescas de morangos e velhinhos, de certeza que lava o cabelinho com champô num frasquinho de plástico que depois põe no lixo, ainda que separado. porque evidentemente plástico separado já não faz mal nenhum, é muito amigo do ambiente.

somos todos verdes e amigos do ambiente:

  • andamos todos a pé e não usamos nenhum carro, a não ser os transportes públicos que, evidentemente, esses não poluem.
  • não comemos carne ou legumes mas apenas folhas do parque que caem espontaneamente.
  • não usamos preservativos.
  • os nossos medicamentos vêm dentro de frascos de vidro.
  • e as fraldas que apanham a merda dos nossos filhos? é claro que são de pano, lavadinhas no rio ao final da tarde.
  • assim como os pensos ou tampões que usamos nalguns dias por mês! ah espera! não. usamos o copo menstrual que não é feito de plástico: é madeira, querem ver?

 

pessoas: acho muito bem que se preocupem com o ambiente e com o planeta e com os netos dos netos. que sim, é importante. mas se acham que os dez cêntimos que obrigam as pessoas a pagar por um saco vão mudar esta merda toda são do tempo da maria cachuça!

antes dos plásticos está toda uma poluição que ninguém quer saber porque ataca grandes empresas capitalistas. e claro, ser verde é muito lindo, quando mexe com os bolsos dos pobres, dos consumidores.

são o caralho das medidas mais fáceis de tomar.

 

mas o pior é que há sempre meia dúzia de gente que bate palminhas e acena que sim, com a cabeça lavadinha num banho longo (de água do mar, claro, ninguém desperdiça água potável a limpar suor), num gelzinho de banho e champô cujos testes foram feitos em animais, vestindo roupinha feita por gente em países pobres que trabalha vinte horas por dia. 

claro que isso não interessa nada.

o que interessa é dizer ao mundo que não se pode usar sacos de plástico nas compras do supermercado. 

 

eu vou mais longe: todo e qualquer uso de plástico devia pagar uma taxazinha. desde os carrinhos às cadeirinhas onde alapam o cu, os saquinhos onde enfiam a frutinha no supermercado antes de pesar, e as fraldinhas que os vossos meninos sujam com merda aos quilos!

isso sim, era útil!

 

F I.png

vem ter comigo ao facebook - aqui,  e instagram - aqui

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:57


4 comentários

Sem imagem de perfil

De Lady Kina a 18.02.2015 às 17:10

Olha, nem de propósito, que hoje deu-me para rever o Sr. Carlin:

https://www.youtube.com/watch?v=OqQMJra20MQ
Imagem de perfil

De M.J. a 18.02.2015 às 17:22

tão bom. como é que eu não conhecia?
estou maravilhada com o homem. agora vou ter que ver os vídeos todos. vês o que arranjaste?
Sem imagem de perfil

De Lady Kina a 18.02.2015 às 17:24

:-)
Imagem de perfil

De A Miúda a 18.02.2015 às 21:56

Ha clientes que mesmo antes desta medida, levavam sacos de 50cent e diziam "eu preocupo-me com o ambiente, nao quero esses sacos para nada" mas depois tinham os congelados em sacos transparentes, os iogurtes em sacos transparentes, a lixivia em sacos transparentes, produtos de higiente, livros e por ai fora. Quando perguntava se podia deitar fora, respondiam-me sempre que nao, que era para nao juntarem nem estragarem caso algum abrisse. Ah e não se metam com ideias porque para passar os códigos é preciso tirar do saco e estar a tirar artigo a artigo so da vontade de mandar os clientes para o caralho.

Comentar post



foto do autor