Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




março

por M.J., em 13.12.15

como escrevi em março, meus senhores, como escrevi.

 

1- sobre banalidades, dos dias normais e corridos: "há cheiro de maçã e canela por toda a casa, a assar lentamente no forno. para mim. a vizinha de baixo canta a plenos pulmões. mal apanhei ar fresco hoje, enclausurada na minha vida..."

18084101_jAUCp.jpeg

 

2- sobre o bairro que me rodeava e cuja ausência sinto como facas afiadas: se olharmos com atenção podemos ver a tristeza de cada parede.

 

3 - sobre betos, hipocrisia e gente de que não gosto: nunca mais soube da menina que recusou a companhia dos pobres numa noite de bebedeira em coimbra. mas acredito, ao que tenho visto, que esteja por aí casada, dois filhos de grandes laços na cabeça de melão, a fazer fretes ao marido, ar alinhado, rico, decente, dizendo com voz em risco "bernardo atenção, não se venha nos lençóis de linho".

 

4- sobre a forma como se fazem filhos: não pinem e produzam filhos com a mesma leviandade com que adoptam cães. a sério. minha nossa senhora.

 

5 - sobre a diferença entre traição e deslealdade e qual me doía mais: se a pessoa com quem assumo um relacionamento fosse mais amiga de outra pessoa (mulher ou homem) do que de mim, lhe desse mais atenção do que a mim ("ah - já ouço as vozes - mas são atenções diferentes" - então não: só que  minha é menor), tivesse em consideração todas as suas vontades em detrimento das minhas... a traição era mil vezes pior que ir para a palhota com outra fulana (ou fulano, ainda que isto seria de uma outra dimensão visto que eu estava claramente a mais num armário por abrir) com quem falou duas ou três vezes.

 

6 - sobre alguém de quem sinto falta: tu serás tu sem desistir de mim. e eu não tenho nem consigo dar-te nada. nem a mim mesma.

 

7 - sobre alguém que morreu: se nos medimos pelos amigos que temos, muitos de nós, muita de mim, somos quase nada. mas teremos epitáfios no facebook. e isso já é alguma coisa.

 

8 - sobre estudar ou sobre aquilo que era uma pequena burla no mundo da blogosfera: se é legitimo alguém dizer que quer estudar e não consegue, pedindo ajuda? é! só ajuda quem quer! se é absolutamente real que quem quer trabalhar e estudar não consegue? não sei! são muitos factores a ter em consideração. mas se conheço muita gente que o fez e faz, com distinção, num esforço sobre humano? conheço!

 

e em março também li muito, uma colega de profissão, taberneira, portanto:

petrolina.png

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:55


6 comentários

Imagem de perfil

De Magda L Pais a 13.12.2015 às 11:02

e eu que me lembro tão bem do ponto 8...
Imagem de perfil

De M.J. a 14.12.2015 às 17:02

pudera :D
Imagem de perfil

De Filipa a 13.12.2015 às 15:56

Caraio, ambas as duas estamos a fazer um best of de nós próprias de 2015!!
Isto deve querer dizer algo...
Imagem de perfil

De M.J. a 13.12.2015 às 16:20

Ahahahahahahahaha. Também reparei. Mas juro que não copiei a ideia.
Imagem de perfil

De Filipa a 13.12.2015 às 16:35

´xa lá, só prova que somos boas a encher chouriços.
Imagem de perfil

De Petrolina a 18.12.2015 às 10:50

Agradecida ;) É bom ter clientes assim de classe na minha venda (termo madeirense para tasca)

Comentar post