Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Momentos

por M.J., em 07.05.17

Sento-me na varanda a pensar como quem escreve. É uma da manhã, a noite voa em glória no que são trevas do que penso. Um pássaro estranhamente canta, um gato atravessa felino a estrada e a minha vida cabe toda e sobra num copo de vinho. Dos pequenos. Que bebo de um trago. Há uma luz no candeeiro em frente que teima em brilhar negra.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:10



foto do autor