Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




não percebo

por M.J., em 05.05.17

o pessoal está todo indignado com o terço da joana vasconcelos porque:

* é um terço?

* foi a joana vasconcelos que o fez (ou mandou fazer)?

* é um terço feito pela joana vasconcelos que é gorda?

 

é que tendo em conta a quantidade de coisas que tenho lido, ia jurar que é por causa da última opção.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:14


6 comentários

Imagem de perfil

De Just_Smile a 05.05.2017 às 11:56

Começo a apostar na última...
Imagem de perfil

De Gorduchita a 05.05.2017 às 12:17

Acho que a malta gosta simplesmente de se indignar e pronto! Tudo serve de razão, de motivo, de desculpa!
Imagem de perfil

De Mula a 05.05.2017 às 12:30

Eu acho que é mesmo pela Joana Vasconcelos ser..... A Joana Vasconcelos. Há vários anos que ela é ridicularizada - e às vezes com razão.... Desculpa lá, uma piscina em forma de Portugal plantada em Lisboa? - e depois do que respondeu à questão "o que levaria na mochila se fosse refugiada" é bem possível que não tenha ajudado...

Até agora só há um trabalho dela que eu gosto - do que conheço claro está - que é um mural aqui no Porto. Agora o terço... Acho parvo, fosse ela ou outra pessoa, acho que é demasiado, os lugares de culto deveriam de ser simples e não de ostentação... E isso é o que me enerva...
Imagem de perfil

De Happy a 05.05.2017 às 13:16

É um bocado assim, Eu fiz um post a dizer que não achava o terço bonito, mas falei de outras peças dela de que gostei. Inclusivamente coloquei um mural que vi no Porto no fds passado e que me encantou.
Imagem de perfil

De Gaffe a 05.05.2017 às 13:49

Oh!
É tão feio! Mesmo se produzido por outro, continuava de estarrecer.
É feio, independentemente do autor.
Imagem de perfil

De Rooibos a 05.05.2017 às 14:33

Eu estive para falar disto no meu blog, mas acabei por deixar em rascunho.
Eu não me sinto indignado. Sinto antes duas coisas...
Primeiro, não digo que o terço, enquanto "obra de arte", seja feio ou inapropriado. Mas não lhe consigo chamar arte, por achar a dita peça demasiado banal e óbvia.
Segundo, acho que era desnecessário mais esse elemento no recinto. Já existia a estrutura a imitar o altar feito para Nossa Senhora nas aparições, feito de forma muito simples, que era o suficiente para marcar a data. Não era preciso arranjar uma obra de arte.

Comentar post



foto do autor