Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




não sei quanto dinheiro dar num casamento. já não vou a casamentos há anos. o último a gaja já se divorciou e voltou a casar tendo dois maravilhosos piquenos, muito sadios.

a noiva não tem lista de presentes. eu não quero comprar faqueiros. mas não sei quanto é razoável dar de dinheiro! e a massa vai dentro de algum envelope especial que se compra para o efeito? ou é contada ali, à frente das gentes todas?

 

que inquietação!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:56


9 comentários

Sem imagem de perfil

De Pseudo a 30.03.2015 às 21:18

150, no mínimo, à cabeça.
Dentro dum envelope timbrado, da empresa para a qual trabalhas :P

No dia 11 de abril, vamos dar dinheiro. O MQT é o padrinho de casório. Eu queria dar-lhes um pote cheio de moedas, como metáfora para o amealhar pela vida fora...mas ele prefere botar o cheque dentro do envelope. Acho tão.....mehhh!!
Que sa foda!
Imagem de perfil

De M.J. a 31.03.2015 às 12:49

jasus maria josé. cento e cinquenta mocas, ali batidas... ca dores!
Imagem de perfil

De meandmyboy a 30.03.2015 às 21:18

Ofereces dinheiro naqueles envelopes com desejos de felicidades aos noivos. Se for prenda convinha saberes o que faz falta aos noivos e depois ofereces qualquer coisa dentro das tuas possibilidades.
Imagem de perfil

De M.J. a 31.03.2015 às 12:50

ah não. cento e cinquenta mocas e ainda uns cinco euros num envelope?
vou reaproveitar um da edp :p
Imagem de perfil

De CO a 31.03.2015 às 01:56

151 euros, 150 em raspadinhas e duas moedas de 50 cêntimos pela razão óbvia.

Os últimos casamentos que fui fiz transferência, não tenho paciência para andar atrás dos noivos com um envelope, e eles também não devem ter muita vontade de estarem sempre a ser interrompidos na festa com a conversa do costume.

Imagem de perfil

De M.J. a 31.03.2015 às 12:49

cento e cinquenta mocas?

está visto porque não vou eu a casamentos!
Sem imagem de perfil

De Cris a 31.03.2015 às 13:12

Dá 50 euritos, que estamos em crise. Deve pagar o que comes. Se te sentires especialmente generosa, podes chegar ao 80, não mais. Eles que não se casassem, que isso está fora de moda.
Imagem de perfil

De M.J. a 31.03.2015 às 15:19

já pensei nisso. quem é que se casa hoje em dia? hum? hum?
Imagem de perfil

De soumaiseu a 31.03.2015 às 15:33

Olá M. J. Eu uso sempre a mesma tática, tento saber onde vão ser os comes e bebes e tento saber o valor por pessoa... depois faço as contas ao número de pessoas que vão à minha responsabilidade, arrendondo, e dou esse valor... A vida não está para esbanjamentos!... Em alternativa dou uma das prendas da lista de prendas dos noivos, mas só faço isso mesmo em último caso. A última vez que disse aos noivos que não ia dar dinheiro mas umas das prendas da lista, acabei por gastar mais no raio da prenda do que se tivesse passado o cheque...

Comentar post



foto do autor