Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




a) sim, porque não?

b) eu cá não arrisco. nunca se sabe que tinta é aquela.

c) evidentemente que sim. não compensa ir ao cabeleireiro quando é tão fácil em casa.

d) não, q'horror, pode correr muito mal.

 

santo deus das melenas! 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:24


14 comentários

Imagem de perfil

De Gaffe a 13.12.2016 às 09:55

d) sem o "q'horror".
Não faças isso!
Sem imagem de perfil

De Alexandra Martins a 13.12.2016 às 09:58

Era daquelas que achava que podia correr tudo mal, até ao dia em que mandei o medo às urtigas e pensei: se correr mal, vou a seguir ao cabeleireiro e pinto novamente da minha cor natural. Não correu mal, gostei e agora até já me habituei :)
Imagem de perfil

De marta-omeucanto a 13.12.2016 às 10:07

Eu vou mais para a hipótese d).
Prefiro não arriscar, e sabe tão bem ter quem nos trate do cabelo de vez em quando, sem termos trabalho :)
Sem imagem de perfil

De Olívia a 13.12.2016 às 10:36

Ora bem, pergunta:
Aquilo que se poupa não recorrendo a pessoal especializado compensa o facto de se ficar com tinta por todo o lado, testa pintada, toalhas manchadas, salpicos aqui e acolá e uma cor estranha nos cabelos?
Se sim, então c)
Se não, então d)
Imagem de perfil

De marrocoseodestino a 13.12.2016 às 10:48

Embora já não o faça com tanta frequência, durante anos era eu que o pintava em casa. Nunca tive problemas. É verdade que o meu cabelo é curto o que me facilita a vida. Caso corra mal é ir até à cabeleireira e compor a coisa.
Gosto da expectativa da espera para saber como vai ficar. Da espera em casa porque na cabeleireira detesto. Não sou gaja de ficar sentadinha sem fazer nada. Mexe com o meu sistema nervoso. Este é um motivo que jamais poderei ser uma finória
Imagem de perfil

De Just_Smile a 13.12.2016 às 12:09

a) Já pintei o da minha prima e o meu e não morri :P
Sem imagem de perfil

De Claudia a 13.12.2016 às 13:41

Olá, eu ainda não pinto o cabelo, mas pinto o da minha mãe em casa sempre, até já lhe fiz madeixas e ela adora o resultado, nunca tivemos problemas, mas ela tem cabelo curto e fininho, se tens muito cabelo tens que ver se te compensa porque uma caixa de tinta pode não chegar, dependendo do preço da tinta se tiveres que comprar duas caixas tens que ver se vale a pena o esforço de pintares sem ajuda!

Beijinho
Sem imagem de perfil

De Cristina a 13.12.2016 às 13:55

"farta cabeleira"?
opção d).
Imagem de perfil

De Maria das Palavras a 13.12.2016 às 15:45

Já o fiz muitas vezes e nunca veio mal ao mundo.
E sabes que mais? É mais porque considero sacrifício menor pintar as orelhas do que aturar duas horas fora d'água num salão de cabeleireiro, a ouvir gente que não me interessa.

Quando posso contar com a ajuda de mãe ou irmã a coisa fica bem feita. Quando sou eu escapam-me umas madeixas atrás (que se lixe). Da última vez pedi ao Moço e fiquei com uma faixa frontal sem cor :D

Imagem de perfil

De Mula a 13.12.2016 às 18:25

Sem sombra de dúvida a C.
Pinto em casa há quase um ano e consigo sempre as cores que quero para além de conseguir apostar em bons produtos e manter o cabelo saudável e bonito. Agora não iria notar grande diferença, mas quando era loira era um problemão, as cabeleireiras não me mantinham a cor, ora aclaravam, ora escureciam, e eu em casa consegui sempre manter o tom que queria. Agora, habituei-me consigo cores bem mais bonitas do que nas cabeleireiras, que sabe-se lá, usavam umas tintas quais-queres. Agora uso Inoa e o cabelo não seca, está bem hidratado e com cores bonitas. Gasto 8€ por cada tubo de tinta inoa + 13€ por 1lt de oxidante que dá para imensas utilizações, já que são só precisos 60 ml de cada vez. Nos cabeleireiros levam-nos couro e cabelo por pintar inoa...

A parte chata é que até lhe apanhares o jeito, a casa de banho vai parecer retirada de um cenário de horror!

Comentar post


Pág. 1/2



foto do autor