Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




telefone riscado.

por M.J., em 30.03.16

quando era miúda jogávamos a um jogo chamado telefone riscado. era mais ou menos como sentarmo-nos num círculo, dizermos palavras ao ouvido do colega do lado, que fazia o mesmo até chegar ao lado do que havia começado. a piada estava em não inventar mas reproduzir exactamente o que se ouvira. no meio dos hã? e o quê? chegava-se ao fim invariavelmente com uma palavra diferente do que se havia dito e era uma risada pegada.

evidentemente que fazíamos de propósito para o engano e o escandalizar. havia sempre quem começasse com a palavra ténis que acabava em pénis, em gargalhadas sonantes. ou a palavra fintar que acabava em pinar. todos muito corados, felizes por dizer asneiras em contexto permitido, alguns recusando-se a repetir o que haviam acabado de ouvir ou julgado ouvir.

momentos bem passados.

e acontece o mesmo na blogosfera.

o pessoal escreve um texto a dizer o que pensa de uma coisa e quem lê percebe que a coisa é exactamente para ele. escreve-se que ler apenas para aumentar números é um bocado triste e lê-se que "eu que leio muito sou triste". escreve-se que quem vive unicamente para os filhos é um pouco limitado e lê-se "sou limitada porque gosto dos meus filhos". escreve-se que quem diz palavrões constantemente é mal-educado e sem princípios" e lê-se "sou mal-educada porque de vez em quando escrevo palavrões".

na verdade, isto é mais do que um telefone riscado.

é aquela coisa do ver nas palavras dos outros o próprio julgamento, que se pensa e se assume mas não se pensa nem se assume que mais ninguém possa pensar ou assumir.

como aquilo do "dos meus eu posso falar mal mas atreva-se outro qualquer a fazê-lo".

 

não é engraçado?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

oh vai ver ali:

publicado às 13:35


19 comentários

Sem imagem de perfil

De Cristina a 30.03.2016 às 14:01

não.
Sem imagem de perfil

De Cristina a 04.04.2016 às 13:23

Imagem de perfil

De Just_Smile a 30.03.2016 às 14:13

Sabes? É aquela teoria do 'serviu-lhe a carapuça'...
Imagem de perfil

De M.J. a 04.04.2016 às 13:16

é exactamente isso!
Imagem de perfil

De LadyVih a 30.03.2016 às 14:16

Cá chamávamos-lhe de "telefone estragado".
E até era...
Imagem de perfil

De M.J. a 04.04.2016 às 13:16

é isso!
enganei-me!
Imagem de perfil

De LadyVih a 04.04.2016 às 13:29

Olha, durante este tempo todo pensei que aí se chamava de outra forma... enganaste-me durante dias!
Imagem de perfil

De Vitória a 30.03.2016 às 14:19

Exactamente
Sem imagem de perfil

De Silent Man a 30.03.2016 às 14:42

É à conta de posts como este que eu te sigo tão fervorosamente. Tu tens um caso sério de "escrevo o que me vem à cabeça" que eu gosto de ler e que raramente consigo fazê-lo porque tenho dificuldade em traduzir em palavras estas "azias" (chamemos-lhe assim porque são coisas que nos deixam meio fodidos da vida, pardon my french) que me assolam pela blogosfera. Talvez por isso faça um housekeeping blogosférico de tempos a tempos. Hoje foi esse dia e até escrevi sobre isso a pedir blogs novos.

Keep up the good writing. Estás ali na prateleira dos blogs muita bons, aqueles que eu gosto de ler com prazer e com tempo.
Imagem de perfil

De M.J. a 04.04.2016 às 13:17

caramba! quase coro! tenho medo de não ser merecedora de semelhante elogio!
Sem imagem de perfil

De Silent Man a 04.04.2016 às 13:21

Medo??? Éme Jóta com medo? Jámé Salomé... :D
Imagem de perfil

De Gaffe a 30.03.2016 às 16:44

E o roaming fica-nos caríssimo!
Imagem de perfil

De M.J. a 04.04.2016 às 13:17

ahahahahahahaha
Sem imagem de perfil

De Me a 30.03.2016 às 17:54

Conheço como telefone estragado ;)
Imagem de perfil

De M.J. a 04.04.2016 às 13:17

pois enganei-me!
Sem imagem de perfil

De Maria João Marques a 31.03.2016 às 13:51

Tudo isto é triste, tudo isto é fado !
Imagem de perfil

De M.J. a 04.04.2016 às 13:17

e futebol!

Comentar post



foto do autor