Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




tenho uma dúvida

por M.J., em 30.05.15

 

que só alguém com duas licenciaturas, que percebe muito de leis e que escreve ficção me pode ensinar:

se eu como advogada esparramar aqui casos, gozando com os ditos, assumindo-me como mulher real e com essa profissão e depois disser que não fui eu mas a personagem que eu inventei, violo ou não violo ética profissional?

o mesmo com um médico. se um médico começar um blog a dizer que é médico e que tem doentes que cheiram mal por baixo mas depois disser que não é médico e que é tudo ficção também não há stress, não é?

 

nem sempre, nem sempre.

alguém com duas licenciaturas, percebendo muito de leis e que escreve ficção devia saber que nessa coisas das leis nem tudo é preto, nem tudo é branco.

há tanta merda cizenta!!!!!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:19


5 comentários

Imagem de perfil

De Maria Araújo a 30.05.2015 às 22:25


Mas que merda, doutora.
Imagem de perfil

De M.J. a 31.05.2015 às 14:56

AHAHAHAHAHAHA
Sem imagem de perfil

De Cris a 31.05.2015 às 08:27

Ele é omissões, ele é interpretações dúbias para depois os gabinetes se abancarem com pareceres técnicos (a mesma merda de gabinete que fez a merda da lei)... et alii... Há muita merda cinzenta na lei... (não sou licenciada em direito)
Imagem de perfil

De M.J. a 31.05.2015 às 14:57

é verdade. mas também há coisas muito claras ;)

Comentar post