Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




uma tipa e a programação

por M.J., em 12.11.15

uma tipa que sempre e só usou na vida o pc para pouco mais que escrever, ouvir música e navegar nas páginas da net que toda a gente navega, mesmo aqueles que, tal como uma tipa, não percebem nadinha de nadinha de como a coisa funciona, decide ir mais além. mesmo que uma tipa nunca se tenha questionado antes sobre assunto. tipo, sei lá, do género, coiso: sabemos que um avião anda no ar e nem sempre nos questionamos como não cai, quer dizer, é pesado e tudo e continua lá em cima e se nós dermos um saltinho caímos, então como é que o bicho tão pesado se mantém no ar? (até sei, mas não interessa para o caso) pronto. é como isso. uma tipa percebia tanto de internets como de aviões.

uma tipa, convencida das potencialidades da coisa decide que sim, vai aprender a programar e fazer o seu próprio site de raiz. que raio. uma tipa vê pessoas menos inteligentes que ela, que não sabem o que seja "execução especifica", "interpelação admonitória", "exoneração do passivo restante", "beneficio de excussão prévia" e que fazem sites bonitinhos e coisas do género. 

uma tipa começa por entender o que seja html e css. uma tipa até pega no bloco de notas e consegue criar uma merda qualquer que se transforma numa coisa muito feia mas que é o básico da internet. uma tipa mostra ao namorado, que não sabia dessa vontade, e que entra em histerismo porque enfim, finalmente poderá partilhar aquelas coisas que passa o dia inteiro a fazer (esquecendo-se que uma tipa apenas fez o básico do básico, tipo, aprendeu meia vogal do alfabeto) e uma tipa abana com a cabeça, achando que está maluca, que aquilo é uma espécie de chinês codificado.

o namorado da tipa oferece-lhe um livro, catita, completíssimo de html5. uma tipa, que nunca desperdiça um livro (a quantidade de livros obtusos que lhe ofereceram e que guarda como tesouros, apesar de os desprezar) pega no dito e senta-se. uma tipa lê o seguinte:

"Quando um browser recebe uma sequência de bits (fluxo de dados) que representa o texto com markup da nossa página, tem sempre de começar por determinar o tipo de encoding usado na criação da página. Ao receber a stream, o browser começa por verificar se ela contém o header HTTP content-type."

uma tipa, que até tinha feito uma coisinha de que estava muito orgulhosa, com um fundo rosa, vários menus e uma imagem catita lê esta merda e desiste.

e percebe que enfim, bateu no fundo, quando se refere a si, constantemente, como "a tipa".

 

sinceramente.

e depois os outros, os que têm a mania da doutorice é que são coninhas e usam palavras caras? então que é esta merda? mas alguém percebe um cu do que o gajo quer dizer?

oh sinceramente!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:50


16 comentários

Imagem de perfil

De Vanessa a 12.11.2015 às 13:54

Também tenho um calhamaço de html5, uma maravilha
Tive de o ler de uma ponta à outra e juro que se ler outra vez é que vou compreender algumas partes que me passaram ao lado - por preguiça.
Imagem de perfil

De M.J. a 12.11.2015 às 16:32

mas aprendeste algo por ele? ou só serviu para as palavras caras?
Imagem de perfil

De Vanessa a 12.11.2015 às 16:37

Aprendi, mas eu tive aulas disso na universidade, portanto, foi só para encher chouriços, digamos assim.
Imagem de perfil

De M.J. a 12.11.2015 às 16:48

ah... o meu professor é muito intransigente e às vezes, para o calar, sou obrigada a medidas menos pudicas.
Imagem de perfil

De Psicogata a 12.11.2015 às 14:24

Tal como em outras áreas, por exemplo Direito, usam palavras estranhas para que um leigo ache que o assunto é muito complexo e difícil de entender.
Imagem de perfil

De M.J. a 12.11.2015 às 16:32

diz que não. que uma palavra estranha é tão palavra como outra qualquer. apenas menos usada.
Imagem de perfil

De Psicogata a 12.11.2015 às 16:41

Olha uma pessoa é tanto pessoa como outra qualquer, só que umas conhecemos outras não.
Imagem de perfil

De M.J. a 12.11.2015 às 16:47

terei de discordar. há pessoas tão mais que outras. mesmo aquelas que pouco conhecemos.
Imagem de perfil

De Psicogata a 12.11.2015 às 16:49

E não há palavras com muito mais significado do que outras?
Imagem de perfil

De M.J. a 12.11.2015 às 17:10

depende. aqui o queremos dizer com mais?
Imagem de perfil

De Psicogata a 12.11.2015 às 17:26

ora a palavra maçã, significa maçã, um alimento, uma coisa física, que pode significar no limite uma cor. verde maçã.
a palavra sentimento, cabe em si tantos significados quantos lhe queiramos atribuir.
Imagem de perfil

De Isa a 12.11.2015 às 14:59

não desistas já, quando deres por ti, já empinaste esse palavreado todo e escreves html como quem escreve poesia (para mim é poesia :D)

mas tenho que te confessar, nunca li um livro de html na vida. css sim, html nunca e trabalho há mais de uma década com esse bicho. a internet tem-me ensinado tudo às mijinhas, em doses controladas de acordo com as minhas necessidades, para não desesperar com a quantidade de informação que existe sobre isso he he he a parte chata é que está sempre a reciclar e o que aprendeste no ano passado está a um passo de se tornar obsoleto :/
Imagem de perfil

De M.J. a 12.11.2015 às 16:33

tu devias era mandar-me merdas por onde eu aprender, então. de preferência em português que enfim, já que me mato, ao menos que me mate na língua mãe.
Imagem de perfil

De Isa a 12.11.2015 às 16:40

mando sim senhora, ora pega lá este site: https://developer.mozilla.org/pt-PT/docs/Web

é um dos meus melhores amigos :)
Imagem de perfil

De M.J. a 12.11.2015 às 16:48

vou ver com toda a atenção.
saem dois tintos para ti.

Comentar post