Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




às vezes, quando preciso de me distrair leio os comentários dos jornais. deviam experimentar. é altamente terapêutico e ajuda a perceber o mundo que nos rodeia. estes que deixo abaixo são do JN à noticia de que o casalinho in-amoroso-com-piada-giraço-que-unia-nerds-e-boazonas se vai separar.

atentai na qualidade, no esgrimir de argumentos, na fabulosa troca de palavras que se segue:

 

senhor a: Com tanta merda com interesse aparecem estes artistas com a vida pessoal de cada um. 
senhor b: Calate estúpido
senhor a: estúpido foi o teu Pai quando montou a puta que te pariu.
senhor c: um verdadeiro senhor!
senhor e: para um basico que vem para aqui chamar estupidas ás pessoas, que apenas manifestaram a sua opinião sem ofender outrem............o senhor respondeu logo como deve ser, sem papas na lingua. concordo.
 
senhor f: quero fazer um comentário sobre o nome do jornal: Jornal de Notícias. Pergunto: existe algum jornal que não seja de notícia. Me parece falta de criatividade. (altamente pertinente esta questão. algo que se devia ponderar. a pensar pessoas, a pensar).
 
senhor g:Que interesse tem esta gente e esta pagina Gente no JN ?
senhor b novamente: Calate estúpido
senhor h: calate
senhor i: cala.te estupido
senhor b outra vez: Ide mandar calar a grande puta que vos pariu
 
senhor h: Muita gente divorcia-se após o 1º filho. Azar. Fizessem outro de seguida. (percebem o conselho?)
 
portanto agora tenho dúvidas:
escrever calate em vez de cala-te pode significar a ânsia de escrever muito rápido, não tendo tempo para o devido hífen. já escrever cala.te quer dizer o quê?
que consumição minha gente. 
(ia escrever meus senhores mas alterei).

Autoria e outros dados (tags, etc)

oh vai ver ali:

publicado às 12:08


11 comentários

Sem imagem de perfil

De Sarabudja a 08.03.2016 às 12:11

As coisas a que te sujeitas para nos fazer perceber que há todo um mundo de gente bizarra...
O hífen anda pelas ruas da amargura. Ora não é usado, óra é substituido pelo ponto. Cheira-me que um dia destes vai haver um caso de polícia por causa destas coisas. Hifen, que é hifen não pode aguentar este massacre.
Imagem de perfil

De M.J. a 16.03.2016 às 17:43

juro que li hímen que hímen não pode aguentar...
Sem imagem de perfil

De sarabudja a 17.03.2016 às 09:47

Está bonito, está!
Mas daqueles do pipi ou do frigorífico?
Sem imagem de perfil

De Joana B. a 08.03.2016 às 12:46

os comentários nos facebook's de jornais e canais de televisão causam-me uma certa urticária, é que é um pior que o outro
Imagem de perfil

De M.J. a 16.03.2016 às 17:43

a mim divertem-me.
Sem imagem de perfil

De Teresa Almeida a 08.03.2016 às 14:39

Leio algumas vezes os comentários desses jornais, para me «vingar» de tudo que muitas vezes me apetece dizer e não digo. Há uns «comentadeiros» de plantão, sempre prontos a ver quem sabe mais insultos, mais ordinários...Não consigo entender a razão de não existir um moderador, mas eu sou muito burrita e/ «conservadeira»...
Quanto ao hífen, dá umas para as outras: há quem o use indevidamente (come-mos, faze-mos, etc.) este prescinde dele.Creio que a substituição pelo ponto acontece quando se escreve nos telelés, onde é mais chato escrever o hífen...
Imagem de perfil

De M.J. a 16.03.2016 às 17:43

ler estes comentários é ter noção maior da existência de todo o tipo de gente
Sem imagem de perfil

De Cris a 08.03.2016 às 17:30

a questão é: por que é que alguém está a mandar calar outra pessoa que está a escrever ou que escreveu? É suposto ser algo poético, tipo: cala-me essa escrita!
Imagem de perfil

De M.J. a 16.03.2016 às 17:43

ahahahahahaha
cala-me esses dedos!
Sem imagem de perfil

De Cristina a 08.03.2016 às 23:47

" estúpido foi o teu Pai quando montou a puta que te pariu " é assim qualquer coisa de sei lá.
Imagem de perfil

De M.J. a 16.03.2016 às 17:44

um argumento top.
ou tope.
nunca sei!

Comentar post