Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




#30por30 - blogs e provérbios - 26

por M.J., em 29.03.17

26.png

inspirado em que provérbio?

quem adivinha?

 

explicações e afins na caixa de comentários.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:00


12 comentários

Imagem de perfil

De Me, myself and I a 29.03.2017 às 14:02

Não conheço o original, mas encaixa perfeitamente no que se passa por este mundo blogueiro!
Imagem de perfil

De Fátima Bento a 29.03.2017 às 17:06

Tantas vezes o cantaro vai à fonte que alguma vez lá fica...
Imagem de perfil

De A-lupa-de-alguem a 30.03.2017 às 10:41

E quem é que teria esse atrevimento!?
Imagem de perfil

De M.J. a 30.03.2017 às 16:37

quem lê e deixa de ler.
sem leitores um blog, mesmo aberto, não é um blog.
Imagem de perfil

De M a 30.03.2017 às 16:32

Ora aqui está um post muito interessante! E fazendo a mesma pergunta que a última comentadora do espaço... Quem teria o atrevimento para "mexer" no que supostamente é do "proprietário" da conta? Qual a justificação, porque apenas e só cada um fechar e abrir quando quer, não chega, visto ser um seu direito? É que a fecharem-me um meu muitas, mas muitas cabeças rolariam! Tal como se apurar que alguém, alguma vez me pôs as manápulas no que é meu!
Imagem de perfil

De M.J. a 30.03.2017 às 16:37

é uma inspiração de um provérbio.
e toda a gente sabe que os provérbios não são interpretados de forma literal. são uma espécie de metáfora, como aquela que usa referente às cabeças a rolar (porque a não ser que a guilhotina tenha voltado não estou a ver como manápulas podiam fazer rolar cabeças).

ninguém fecha blogs de ninguém.
o que queria dizer é que quem segue blogs deixa de os seguir quando quem os escreve ameaça o seu fecho. e sem gente que leia um blog não é um blog.
é um diário.
não há mal algum que seja um diário. mas não é um blog.
Imagem de perfil

De M a 30.03.2017 às 18:07

Sim! Tudo isso... não me digas! Falha de interpretação minha de novo, o que é imperdoável, não achas? Velha, taralhouca. O que eu tenho a aprender com semelhantes criaturas tão iluminadas... Até preciso que me expliques o que é sentido figurado querida! Ainda tu e outros andavam a chupar pirolitos, já eu sabia o que são provérbios e a sua "não literal" interpretação. Por isso é que tantos, alguns, fazem exactamente jus ao que dizem. São levados muito s sério, mesmo!
Ora, já que a simpática veio explicar tão bem que ninguém fecha nada a ninguém e que um blog sem leitores é o que vossa excelência acha, porque não fez logo uma ressalva. Teve aqui a gorda de vir perguntar-lhe... então como é Maria, ou direi Verinha? Tu achas que ninguém o lendo, é um diário? E aqueles blogs que têm muitos, muitos comentários mas são verdadeiras conversas da treta, reposta de tu cá, tu lá. Graxa e polimento ao autor e a modéstiazinha de faz de conta, isso o que são? Hum...Pá! Antes quero um diário. São gostos, sabes! Abracinho terno doçura. O que tu sabes... já a mim esqueceu!!!
Imagem de perfil

De M.J. a 30.03.2017 às 18:19

está bem.
assim seja.
amén.
Sem imagem de perfil

De Corvus intragavus a 30.03.2017 às 18:28


Ó porra! Precipitei-me e afinal são dois. Dois comentários de profundidade extrema.
Vou deixar de ser apressadinho que isto ou eu sou um inocente querubim no altar ou a coisa promete.
:)))
Imagem de perfil

De M.J. a 30.03.2017 às 18:29

por falar em comentários vou limitá-los :)
ando sem grande paciência para estas coisitas.
Sem imagem de perfil

De Corvus intragavus a 30.03.2017 às 18:22

Seguramente e reforçado por um comentário de elite, só pode ser inspirado no provérbio. "Ao bêbedo e ao maluquinho dá-se-lhe todo o caminho"
:)))
Imagem de perfil

De M.J. a 30.03.2017 às 18:24

isso: é por isso que está sempre bem. :)
(tendo em conta o seu provérbio: é mesmo isso. tenho sempre muito medo de malucos. fico sempre a pensar no tipo que matou quatro pessoas, uma delas grávida. sabe-se lá o que gente maluca é capaz. é dar-se-lhe o caminho todo!)

Comentar post



foto do autor