Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




até amanhã

por M.J., em 08.07.16

o motivo não vem ao caso mas assisti de perto ao processo carlos cruz. 

gostava de vos dizer, acreditem ou não, queiram perceber ou não, que o homem foi condenado por uma coisa chamada "convicção dos juízes", não amparada em provas materiais.

 

um sistema de direito como o nosso não se devia compadecer com uma caça às bruxas e, muito menos, deixar na convicção das pessoas, na fé, no "eu acredito que" a destruição pública de alguém. 

ai meus senhores, soubessem vós o quão a verdade é relativa e o quão fácil é escolher aquela que mais interessa para se acagaçarem todos! 

publicado às 11:13


5 comentários

Sem imagem de perfil

De Olívia a 08.07.2016 às 11:20

... acredito no que dizes.
Imagem de perfil

De Ana Rita 🌼 a 08.07.2016 às 11:47

No que toca ao processo Casa Pia acho que houve muito boa (ou neste caso má) gente que se safou à justiça com mais e piores culpas no cartório que o Carlos Cruz...mas essa é só a minha opinião!
Imagem de perfil

De Psicogata a 08.07.2016 às 12:03

Já tinha essa teoria.
As poucas cadeiras que tive de Direito deram-me uma pequena perspectiva da Justiça e das Leis e digamos que é bem diferente daquilo que a maioria imagina. Culpa dos filmes suponho.
Sem imagem de perfil

De sarabudja a 08.07.2016 às 12:04

"Os homens, em geral, não são mais do que marionetas maltratadas por um fantocheiro". G. Panini
Sem imagem de perfil

De Filipa a 08.07.2016 às 13:34

É o principal motivo que me faz não querer que Portugal saia da UE, tenho medo da nossa (in)justiça do modo pequenino e mesquinho como por vezes funciona. O que nos vale é termos um tribunal externo a quem podemos recorrer e que parece ser realmente justo.

Comentar post



foto do autor



e agora dá aqui uma olhada