Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




banalidades

por M.J., em 12.09.16

agora que as coisas regressam às rotinas ouço da varanda o chilrear das crianças na escola em baixo. o som propaga-se pela encosta e mistura-se com o arrolhar das rolas do vizinho da rua ao fundo. às vezes também se ouvem galos e o sino a dar as avé marias. poderia estar na serra, na mistura de sons que entra casa dentro se houvesse a vaguear pelo ar o cheiro a uvas maduras, a escorrer de sumo que se gruda à pele e aos braços. 

pouso lentamente os dedos no teclado enquanto penso na varanda florida. madredeus entoam pela casa. cheira a bolo de laranja e a café de cevada. 

cheira a casa. mesmo sem uvas.

oh vai ver ali:

publicado às 14:31


4 comentários

Sem imagem de perfil

De sarabudja a 12.09.2016 às 14:35

É tão bom quando nos cheira bem e a bom.
Afinal fizeste tu o bolo.
Nem tenho tido vagar (por cá diz-se isto e gosto, aliás, já quase ninguém diz. Os que diziam levaram esta e outras expressões com eles) de me sentar na escada a comer bolo.
Imagem de perfil

De M.J. a 13.09.2016 às 10:29

com açúcar mascavo e farinha integral.
sou uma cocó.
Imagem de perfil

De a dESarrumada. a 12.09.2016 às 19:28

Agora apetece-me ouvir Madredeus. Obrigada MJ.
Imagem de perfil

De M.J. a 13.09.2016 às 10:28

agradece aos madredeus ;)

Comentar post



foto do autor



e agora dá aqui uma olhada