Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




banalidades

por M.J., em 25.08.16

perco a paciência com muita facilidade. embrenho-me em coisas e quando dou conta tenho as mil coisas que tinha para fazer ainda não feitas, na espera que lhes ponha a mão. perco o tempo entre os dias e não dou por eles a passar na espera que o tempo ande e não sei bem o porquê.

esperei a vida que o tempo passasse na espera de viver a vida. sair da serra. acabar o curso. começar a trabalhar. mudar de trabalho. ter uma relação estável. casar. metas atrás de metas, de nomes, de começos e recomeços na fuga do tempo presente. depois daquele degrau vai ser melhor: no fim do arco-íris está o pote de ouro. só preciso de continuar a caminhar.

um dia atrás do outro na procura do diamante que transforma os dias banais em brilhos e preciosidades. absurdo. a espera do passar do dia, o nunca mais é noite para o recomeço do amanhã fez-me perder horas eternas que não recupero. e ainda assim, todos os dias dou por mim na espera da vida. na espera do objectivo. na ausência e incapacidade de saber viver pelo agora:

pelo privilégio de estar viva. de ter esta máquina, coração, pulmões, sangue, oxigénio, células, cérebro em funcionamento transformando-se em mim na espera eterna do dia brilhante de amanhã.

esquecida que o amanhã é hoje.

bolas.

extremamente banais.  

oh vai ver ali:

publicado às 17:58


11 comentários

Sem imagem de perfil

De Cristina a 25.08.2016 às 21:16

tens a certeza? disso tudo?
Imagem de perfil

De M.J. a 25.08.2016 às 21:17

e temos nós absoluta certeza de algo?
Sem imagem de perfil

De Cristina a 25.08.2016 às 21:19

pois não temos.
e isso já é bom, no contexto deste teu texto. :-)
Sem imagem de perfil

De Olívia a 25.08.2016 às 21:55

Acho que estás prestes a encontrar o pote de ouro... quando viveres o hoje como o diamante que te é oferecido.
E te alegrares com isso!
Estás a ficar crescida M.Jota...
Imagem de perfil

De M.J. a 29.08.2016 às 17:56

tou nada... tou?

queria tanto não ficar velha!
Sem imagem de perfil

De conta corrente a 25.08.2016 às 21:56

Bate certinho... certinho.
Imagem de perfil

De M.J. a 29.08.2016 às 17:57

direitinho ;)
Imagem de perfil

De Quarentona a 25.08.2016 às 22:20

Também demorei anos a aprender a deixar de viver o futuro a apreciar mais o presente. Acredita, MJ, que sou muito mais grata e feliz agora :))))
Imagem de perfil

De M.J. a 29.08.2016 às 17:57

amanhã logo se vê, é o lema?
Sem imagem de perfil

De RC a 29.08.2016 às 00:57

Gosto tanto do que escreves!
E é a minha maior ambição na vida: não ter metas, não esperar pelo que hádevir (assim numa palavra só). Até porque há 4 anos atrás descobri que os planos que a vida tem para mim são muito melhores que qualquer plano que eu possa fazer para a minha vida :)
Imagem de perfil

De M.J. a 29.08.2016 às 17:57

gosto tanto de ti!

Comentar post



foto do autor



e agora dá aqui uma olhada