Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




cuecas

por M.J., em 15.11.16

reparei numas cuecas na rua, hoje de manhã: estavam caídas e abertas, despojadas ao mundo de um algodão coçado e azul desbotado. 

nos instantes seguintes, em caminhada com o vento nas trombas, phones nos ouvidos, a manhã que descia ensolarada, os cães que passeavam entre transeuntes de cara fechada, perdi dez minutos que nunca mais recuperarei, a pensar no motivo que levava a umas cuecas azuis, talvez de tamanho médio ou só esticadas pelo tempo, estarem no meio de uma rua quando:

i) não havia varandas de onde pudessem ter caído,

ii) feiras de ciganos para serem vendidas,

iii) lojas de lingerie ,

iv) ou casas de troca de sexo.

há mistérios insondáveis. 

publicado às 11:50



foto do autor



e agora dá aqui uma olhada