Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




faz sentido afinal?

por M.J., em 21.11.17

tenho passado pouco tempo nisto dos blogues. a vida vai andando e correndo e às vezes não há vontade nem tempo, nem paciência.

já falei várias vezes sobre isso.

depois talvez seja um pouco mal geral, este meu abandono, provocado pelo abandono aos poucos daqueles que eu seguia afincadamente. a gaffe escreve cada vez menos, a maria tem o blogue em serviços minimos, a magda tem ideias fantásticas de quando em quando (e mesmo a iniciativas dessas há sempre um dois  que não compreendem o conceito) mas só de quando em quando... e o meu blog favorito simplesmente desapareceu, eclipsou-se depois de meses sem escrever. 

está mau.

 

há meses que mal lia blogues. fi-lo hoje, numa curiosidade ressurgida.

está tudo no mesmo. se as personagens mudam o conceito permanece. continua a mesma modorra de dias santos e feriados. há toda a trama de um livro gigante e secante, que não termina por mais páginas que se virem. as personagens imutáveis, na certeza de que assim é que é.

há um cheiro a naftalina.

depois percebo que é a constância da vida, as pequenices que fazem dela o que é, e encolho os ombros.

 

vou alimentando este na sensação cada vez mais forçada que o faço em honra do que me deu e não pelo momento.

porque me custa ir deixando ou abandonando um espaço que me deu tanto, tantas pessoas, tantas gargalhadas, tanta comoção.

não o deixo ao abandono. não posso. mas nota-se, não há como negar, que os textos são mais escassos, mais curtos. que não respondo à maioria dos comentários e não há aquela espontaneidade que fez nascer este espaço.

 

que a m.j. morreu não é novidade.

morreram os palavrões, a irritabilidade, a arrogância do saber tudo sem nada saber.

morreu esse pedaço de mim porque a vida não é uma poça de água estagnada e vamos evoluindo com os dias. 

 

e nessa constatação começo a questionar:

faz este blog sentido?

quem aqui passa afinal?

aqueles que permanecem, que foram ficando com o tempo e viram aquilo que eu considero evolução (também pode ser desevolução, seja lá isso o que for)... a vocês que ficaram, que restam num punhado de almas, que provavelmente ficaram pela m.j. que viram... a que provocava, irritava, chateava... faz sentido manter isto afinal? mesmo que ela seja já outra, cada vez mais parecida - se não o total reflexo - de quem a escreve?

que encontram vós que valha a pena continuar a alimentar este espaço?

publicado às 16:34


35 comentários

Imagem de perfil

De M.J. a 22.11.2017 às 14:26

é combinar a chávena de chá.
depois de se pôr na agenda os obstáculos transpõem-se.

Comentar post



foto do autor



e agora dá aqui uma olhada