Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




indo ao que interessa

por M.J., em 14.07.16

alentejo e algarve em cinco dias.

o roteiro está feito.

 

agora as dormidas:

meus senhores, que preço é aquele para partilhar um beliche num dormitório com gente que nunca se viu?

há mesmo quem faça isso?

há mesmo quem aceite partilhar dormidas, roncos, suores noturnos e ademais coisas com pessoal que não faz ideia quem seja, que doenças destila e que nível de psicopatia pode ter?

 

publicado às 14:07


9 comentários

Imagem de perfil

De Maria Alfacinha a 14.07.2016 às 14:30

Sim :-)
Imagem de perfil

De Maria Alfacinha a 14.07.2016 às 14:32

Há quem o faça porque gosta do "conbibio" e há quem o faça porque é mais barato. Ou não haveria essa opção :-))))
Sem imagem de perfil

De Olívia a 14.07.2016 às 14:32

Isso normalmente é para grupos de amigos, desportistas e aventureiros!!!
Imagem de perfil

De Mula a 14.07.2016 às 14:37

A única criatura que conheci a dizer "ah eu não me importo nada de ir para um quarto múltiplo" acabou a dormir no chão do nosso quarto duplo... E quem não dormiu fui eu... -_-'
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 14.07.2016 às 14:59

Não sei que preços são esses no Alentejo e Algarve, mas na Europa e quando era mais nova (20 e poucos), fiquei imensas vezes em hostels em dormitórios em que pagava na ordem de 10€/noite (alguns com pequeno-almoço incluído ahah) e correu sempre tudo bem :) não se "partilha" nada, cada pessoa tem uma cama e um cacifo/espaço para guardar as coisas e normalmente está tão cansada de andar a visitar a cidade durante o dia que cai na cama e dorme 8h seguidas (pelo menos comigo era assim). Para barulhos/luz leva-se uma venda e tampões de ouvidos. Onde fiquei eram sempre espaços limpos, espaçosos e com pessoal respeitador e muitas vezes até nem tinham os quartos cheios, por isso só se partilhava com 2 ou 3 pessoas. Nunca tive quaisquer problemas!
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 14.07.2016 às 15:04


Nem pensar!
Prefiro passar menos tempo ou pagar mais, e ficar tranquilamente num quarto só para mim / nós .
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 14.07.2016 às 18:25

Já fiz, e é muito menos dramático que se pensa, mas agora com 52 anitos já me apetece, ter um quartinho, sem ter que ouvir roncos e outros acepipes
Sem imagem de perfil

De me a 14.07.2016 às 18:56

Eu nunca o fiz, e acho q não seria capaz, mas para os putos com low budget, que curtem viajar. Acho fixe. :)

Comentar post



foto do autor



e agora dá aqui uma olhada