Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




no dia oito

por M.J., em 07.12.16

faço um bolo rei.

a massa fermenta e leveda. cheira a chá que faço em companhia. observo a magia da alquimia da transformação.  ligo o forno e sinto o cheiro do natal pela casa.

no dia oito inauguramos a época. montamos a árvore de natal e eu rodopio em chinelos ao som de um natal antigo. o frank entra a convite e permanece dezembro inteiro.

no dia oito misturo farinha com água, fermento e amor. toco com carinho a transformação do que fui no que sou. ligo luzinhas que piscam em sonhos pela sala.

 

no dia oito lembro-me de outros dias oito: 

o dia em que te principiei a amar.

e soube, invariavelmente, que só aceitarias que te amasse se o sentisse por mim antes disso. 

no dia oito o natal é o meu nascimento por nós. 

publicado às 09:28


4 comentários

Imagem de perfil

De Gaffe a 07.12.2016 às 09:35

Tão suave que tu és! Tão mansa e meiga!

(Não me contraries.)
Sem imagem de perfil

De Cristina a 07.12.2016 às 15:14

tão bonito.
Imagem de perfil

De JP a 07.12.2016 às 16:18

Imagem de perfil

De a dESarrumada. a 10.12.2016 às 18:20

Tão bonito :)

Comentar post



foto do autor



e agora dá aqui uma olhada