Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



peço desculpa mas...

por M.J., em 12.01.17

de há uns tempos para cá, talvez por coincidência, talvez por coisas da vida, tenho ouvido mais gente do que o normal a pedir-me desculpa e, logo a seguir, a acrescentar um mas.

como:

* tem razão senhor doutor, estou gordo e comi duas bolas de berlim mas foi só hoje.

* é verdade senhor polícia. deixei o carro no estacionamento para deficientes mas não estava lá ninguém.

* tens razão meu amor. não levei o lixo para baixo mas foi só a semana toda. 

* sim, sim, mãe, tirei negativa a português mas foi só este ano. 

 

esta necessidade de defesa quando se assume algo, numa espécie de arranjar um escudo para o ataque não ser maior, irrita-me sobremaneira.

irrita-me sobretudo nas situações em que se pede desculpa.

porque das duas uma: ou se diz "desculpa" consciente do erro, da situação, da incapacidade, sentindo necessidade de o assumir e tentando não o repetir, ou se xuta um desculpa para calar o outro, para que não chateie, a ver se passa. e aí assume-se o mas.

o tens razão mas.

o é verdade mas.

o entendo mas.

e se pões um mas à frente não dás razão nenhuma, não entendes nada, não estás minimamente a concordar. 

 

pedir desculpa - juntando-lhe com uma sacudidela de cabelo - o mas é não pedir desculpa de todo.

é fazer passar o outro por parvo.

é caminhar por entre os pingos de chuva, com ar de esperteza, a ver se passa.

 

há casos em que ou é carne ou é peixe.

carne mas peixe não é nada. 

 

F I.png

vem ter comigo ao facebook - aqui,  e instagram - aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)


foto do autor




deu discussão! (quase porrada)